Restaurante de Henrique Fogaça, Cão Véio expande por franquias

Com aumento da notoriedade após se tornar um dos jurados do programa Masterchef Brasil, exibido pela Band, o chef Henrique Fogaça, junto dos sócios Badauí, vocalista da banda CPM 22, e Marcos Kichimoto, o “Kichi”, agora quer ganhar o país de outra forma. Desde 2013, os três comandam o gastropub Cão Véio, localizado no bairro de Pinheiros, em São Paulo, e decidiram expandir o negócio por meio de franquias.

Para formatar e desenvolver a rede, uma consultoria de Franchising foi contratada. “É um negócio que tende a crescer não somente pelos nomes dos sócios – o que, inegavelmente, contribui. É uma tendência criada nos anos 90 em Londres e que agora tem ganhado força no Brasil. Tem tudo para se tornar um sucesso”, afirma Felipe Di Mauro, responsável pelo projeto.

Com clima intimista e decoração ímpar, ao som de muito Rock n’ Roll, cada unidade do Cão Véio irá oferecer o cardápio – que deve ser renovado com certa frequência – produzido pelo próprio Henrique Fogaça, um dos chefs mais conceituados do país. “O franqueado poderá abrir tanto de dia, oferecendo opções de pratos executivos, quanto à noite, com pratos, petiscos e lanches que homenageiam em seus nomes raças de cachorros, além de mais de 40 opções de cervejas e outras bebidas”, revela Di Mauro.

Números

Para abrir uma franquia Cão Véio, o investimento total deve ficar próximo dos R$ 800 mil. A taxa de franquia foi estabelecida em R$ 80 mil. O faturamento médio mensal é de R$ 200 mil. A expectativa é conquistar 32 unidades de franquias dentro de dez anos.

VEJA OUTRAS OPORTUNIDADES: FRANQUIAS DE ALIMENTAÇÃO

Encontre a melhor franquia para você

-->