Domino’s Pizza cresce em faturamento e número de lojas

Mesmo diante do cenário de crise econômica que atingiu em cheio o varejo nacional, os negócios da Domino´s Pizza no Brasil não foram afetados. Ao contrário, a rede – controlada pelo Grupo Trigo – comemora números recordes de crescimento em vendas, faturamento e número de lojas.  

Nos primeiros três meses do ano, a Domino´s atingiu crescimento em vendas de 16% em relação ao mesmo período de 2015 (considerando a mesma base de lojas). Houve crescimento também no número de pedidos: 4%.

Os números revelam um crescimento bem acima da média do food service nacional. Considerando-se o faturamento da rede em 2015, houve crescimento de 12%, em comparação com o ano anterior. E os estados onde o faturamento mais cresceu foram São Paulo, seguido de Espírito Santo, Minas Gerais e Rio de Janeiro.

Tal crescimento não é de hoje. Só nos últimos três anos, a rede vem crescendo acima de 10% ao ano em suas vendas (considerando a mesma base de lojas).

Para o gestor da Domino´s Pizza Brasil, Edwin Jr., “Estamos lucrando na crise porque temos uma marca internacional sólida, porque com a redução de gastos muitas famílias optam pelo delivery  e porque atingimos com grande sucesso a classe C”, avalia. Segundo ele, o modelo de loja de rua com salão ganhou força nesse cenário e a Domino´s virou opção de fast casual para refeições em família, grupos de amigos, além do tradicional delivery que é o DNA da marca.

Foco no e-commerce

Com 150 unidades abertas no Brasil, a Domino’s Pizza parte agora para a conquista do e-commerce. A marca lançou recentemente um aplicativo para pedidos em celular nos sistemas IOS e Android. O aplicativo permite personalizar a pizza com a escolha dos ingredientes, serviço já disponível nos pedidos via site. Atualmente, mais da metade das vendas da Domino’s já estão sendo feitas pelo celular. Isto é, 80 das 150 lojas da rede.

Raio X da Franquia

Investimento médio em loja de Shopping (30m²) = a partir de R$ 460 mil (sem taxa)

Investimento médio em loja de rua (150m²) = a partir de R$ 695 mil (sem taxa)

Investimento médio em loja de rua com comissariado (180m²) = a partir de R$ 800 mil (sem taxa)

Faturamento médio mensal = R$ 145 mil

Taxa de franquia = a partir de R$ 60 mil

Taxa de publicidade = 2% do faturamento bruto pra fundo nacional e 2% para fundo regional

Taxa de royalties = 6% do faturamento bruto mensal

Margem de lucro médio = 15%

Prazo médio de retorno do investimento = 36 meses

Número mínimo de funcionários por loja = 10 funcionários + motoqueiros

Capital de Giro = R$ 20 mil

Prazo do Contrato = 5 anos

 

CONFIRA OUTRAS OPORTUNIDADES: FRANQUIAS DE ALIMENTAÇÃO

Encontre a melhor franquia para você

-->