Croasonho registra faturamento médio mensal de R$ 80 mil

A história da Croasonho começou há 13 anos, quando André Haenquet começou a fazer croissants recheados; uma receita artesanal, de massa leve e crocante, com recheios saborosos, salgados e doces. Durante os anos seguintes, a rede cresceu na região Sul e, em 2012, inaugurou a sua primeira unidade em São Paulo, no bairro de Moema.

Hoje, a Croasonho possui 29 lojas em operação. De acordo com a rede, entre 2012 e 2013, o foco principal de expansão será na região Sudeste; e, até 2014, quer 100 unidades em funcionamento.

Para montar uma franquia Croasonho, o investimento fica em torno de R$ 350 mil (o valor inclui taxa de franquia, reforma do espaço, equipamentos e mobiliário). O faturamento médio de uma unidade é de R$ 80 mil mensais. A franqueadora oferece suporte na escolha do ponto, com manuais de treinamento, projeto arquitetônico e fornecedores homologados.

Perfil da Franquia Croasonho
Unidades próprias: 4
Unidades franqueadas: 25
Faturamento da rede: R$ 15 milhões em 2011
Fundação da empresa: 1997
Início do franchising: 2009
Investimento inicial: em torno de R$ 350 mil
Capital de giro: R$ 20 mil
Taxa de franquia: R$ 35 mil a R$ 65 mil
Taxa de royalties: R$ 1,5 mil a R$ 3,5 mil mensais, mais variável
Taxa de publicidade: R$ 500 a R$ 1 mil mensais (fixo)
Faturamento mensal: R$ 80 mil
Lucro médio mensal: De 12% a 20% do faturamento bruto
Prazo de retorno: 24 a 30 meses
Funcionários: 9 a 14 por unidade
Área da unidade: A partir de 35 m² para shopping; 100 m² para lojas de rua
Prazo de contrato: 5 anos
Área de expansão em 2012: regiões Sudeste e Centro-Oeste

Encontre a melhor franquia para você

-->