Notícias / Alimentação e Food Service / Foodservice tem alta de 38% no tíquete médio de vendas

Foodservice tem alta de 38% no tíquete médio de vendas

Dados são da IFB que revelou ainda crescimento nominal de 11% no período e recuperação do setor após anos de restrições por conta da pandemia

Compartilhe:   

Dados do Índice de Desempenho Foodservice (IDF) promovido pelo Instituto Foodservice Brasil (IFB) entre seus associados identificou que o setor de foodservice fechou o mês de junho com alta de 38% no tíquete médio de vendas. No acumulado do ano — janeiro a junho — a alta foi nominal em 11% e em 12 meses chegou a 12,5%. 

As lojas de rua e em centros comerciais, como shopping centers, tiveram alta de 11% no período analisado pelo instituto. Já o número de transações teve variação positiva de 5% em junho e no acumulado do ano também cresceu 5%.  

“Os dados revelam a consolidação na retomada da economia, após sérios impactos da pandemia, já que o setor foi um dos mais prejudicados pelo fechamento dos estabelecimentos. Hoje vivemos outros desafios econômicos que pedem que as empresas se mantenham ligadas às tendências e aos indicadores de mercado para traçarem estratégias criativas e eficientes”, disse em nota Lucas Roberto, gerente de marketing do IFB,

Novas unidades 

A quantidade de lojas no setor de alimentação fora do lar se manteve estável em relação a maio de 2022, com pequeno aumento de 0,4%, atingindo um total de 6.867 unidades no país. Em relação à participação do canal delivery no total das vendas, as entregas atingiram 21% do total. 

Fonte

Divulgação 

PUBLICIDADE

Tem interesse no mercado de franquias?