Início / Notícias / Consumo / Consumo de itens de beleza diferem entre as gerações, diz Kantar

Consumo de itens de beleza diferem entre as gerações, diz Kantar

Pesquisa indicou que a Geração X é a que mais consome ao comprar, em média, 69 itens

Compartilhe:   

Entre os anos de 2021 e 2023 o segmento de beleza reportou alta expressiva. O segmento cresceu 8% o número de produtos (unidades) vendidas, fato esse que torno o País o principal mercado consumidor dessa categoria na América Latina.

Participe da comunidade da plataforma Sua Franquia no WhatsApp 

Em 12 meses, tendo como setembro o último mês de referência, a Kantar por intermédio do estudo “Beleza em Foco”, reportou que foram gastos R$ 38 milhões com itens de beleza, sendo a maior concentração entre: sabonete com 32%; pós-shampoo com 30% e shampoo com 25%.

Os produtos prediletos mudam conforme as gerações mudam, por exemplo: os Baby Boomers são os que menos consomem itens dessa categoria, entretanto, são os que mais compram itens de uso de longo prazo e os que mais vão a manicure.

A geração X, consome mais itens como secador e chapinha, mais consomem itens da cesta básica de beleza — com aquisição de 69 itens. Já os Millennials se destacaram pelo maior número de preocupações com sua pele e cabelo (7,8) e compraram, em média, 66 unidades no ano.

Dentro da Geração Z, aqueles mais jovens e nascidos entre 1997 e 2010, despontou a busca por serviços estéticos, a exemplo de laser e limpeza facial com 53% de consumo dessas categorias. Eles compraram cerca de 64 unidades de beleza no ano e, apesar de serem os que menos consumiram a cesta de indulgência, com nove unidades por lar, são os únicos a incrementá-la no longo prazo: alta de 5,3% entre 2019 e 2023.

Por fim, a Geração Alpha (nascidos a partir de 2011). Mesmo com menos poder aquisitivo, uma vez que ainda dependem dos pais ou responsáveis, os lares com integrantes desse grupo compraram, em média, cinco produtos a mais em 2023, essencialmente os de uso diário. Vale ressaltar que esta também é a geração que mais utilizou secador e modelador de cachos (8,4%).

“Independentemente da geração, a rotina e a cesta dos consumidores se tornam mais simples e práticas, porém com valor agregado. Em um mercado cada vez mais dinâmico, agilidade em comunicar e executar são essenciais para obter sucesso”, comenta Matheus de Macedo, Gerente de Novos Negócios da Kantar.

Fonte

Divulgação 

PUBLICIDADE

Tem interesse no mercado de franquias?