Franquias de Pet Shop

O segmento pet está entre os mercados que mais crescem no Brasil atualmente. Um estudo da Euromonitor International mostrou que o País movimenta anualmente quase R$ 19 bilhões com produtos voltados aos
animais de estimação, o que representa 5,14% de tudo que esse mercado movimenta nos cinco continentes do planeta. No mercado de franquias, o mercado pet faturou em torno de R$124 milhões em 2017, o número é quase o dobro dos R$77 milhões do ano anterior conforme balanço da Associação Brasileira de Franchising - ABF.

Segundo a Pesquisa Nacional de Saúde (PNS), elaborada pelo Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE), há mais de 52 milhões de cães domésticos no País. Um mercado desse tamanho exige que os empresários da área criem sempre novidades. Estar atento às necessidades e oferecer novos produtos e serviços para os tutores de animais é indispensável para se ter sucesso nesse ramo. E essa atenção também é uma das qualidades indispensáveis para o perfil do franqueado que quer uma unidade do segmento.

A mudança de comportamento dos tutores em relação aos animais de estimação - eles saem dos quintais e passam a ter um lugar só seu no sofá da casa - nos últimos anos também fomenta o mercado. Os tutores
passaram a cuidar mais de seus animais e a recorrer a serviços e produtos que antes não adquiriam. Esse crescimento do setor gerou um aumento no leque de opções de serviços oferecidos: petshop, farmácias especializadas, lojas de produtos pet, clínicas veterinárias, hospitais, hotéis, adestramento, dog walkers, entre outros.