Como escolher a melhor franquia?

Se você estiver querendo abrir alguma franquia e não se atentar para estes detalhes, certamente irá perder seu investimento

Ter um negócio é um sonho para muita gente. Porém, se arriscar para transformar uma ideia em um negócio pode ser algo arriscado demais. E aí surge a grande oportunidade de se ter um negócio já formatado e testado, diminuindo assim o risco com o seu investimento. E este negócio pode muito bem ser uma franquia, mas como escolher a melhor franquia?

Ao observarmos o mercado em geral, vemos muita coisa boa acontecendo, novas ideias e conceitos chegando a cada dia. Novas soluções para antigos desafios surgem a todo o momento, e é sensacional ver isso tudo acontecendo, mas também podemos perceber muito insucesso, fruto de erros muitas vezes facilmente evitáveis.  Com as franquias não é diferente.

Tem gente que pensa que só porque teve uma ideia ou conseguiu implementar alguma coisa e fazer o seu primeiro ponto funcionar, já pode sair por aí vendendo franquias disso. E o pior é que tem gente que acredita em histórias deste tipo, entra em verdadeiras roubadas, e perde o que demorou bastante tempo para poupar. E isso ainda é menos ruim do que conseguir eventualmente uma franquia que tenha ajuda na obtenção de linhas de crédito que rapidamente podem ser melhor explicadas como uma corda no pescoço do empreendedor que decidiu abrir um negócio usando dinheiro desta forma.

Por outro lado, com a quantidade de informação disponível e facilmente consultável hoje em dia, de verdade eu me assusto com esta gente que resolve investir em uma franquia que não tem uma excelente reputação. E mais! Mesmo contando com as informações disponíveis para se fazer uma boa pesquisa, é preciso também entender do que se trata a franquia e se ela é realmente alinhada com as suas características pessoais, pois só assim você diminuirá o risco de insucesso.

Uma boa franquia necessariamente tem que ter histórico de unidades próprias funcionando. Outra parte muito importante de uma franquia é a sua organização, processos, manuais, e uma rede para ser efetivamente consultada por eventuais interessados no negócio. Estudo de mercado, relacionamento com locais interessantes para se desenvolver pontos de vendas, treinamento e boa reputação, sinceramente são itens indispensáveis que um franqueador precisa ter. De verdade, se você estiver querendo abrir alguma franquia e não se atentar para estes detalhes, certamente irá perder seu investimento!

E por fim, vale muito entender se você tem realmente as características pessoais que mais se adequam ao que a franquia que está escolhendo presume, ou procura num franqueado. Falando nisso, uma excelente prática é, durante o processo de seleção, a franquia realizar um teste de perfil psicológico com os interessados, para entender se realmente as suas características pessoais são aquelas procuradas para a gestão e/ou operação do negócio em vista. Um abraço, e até mês que vem!

 

Encontre a melhor franquia para você: Franquias por segmentos e ramos
Confira mais artigos em: Gurus do Franchising

Fonte: Assessoria - www.suafranquia.com

Artigos Daniel Miglorancia

Impactos da transformação digital nas franquias

Impactos da transformação digital nas franquias

A transformação digital está mudando tudo o que conhecemos. E as franquias não ficaram de fora, muito pelo contrário! Como uma das...

Ver mais

Reflexões sobre o impacto da tendência de consumo de produtos naturais e sustentabilidade

Reflexões sobre o impacto da tendência de consumo de produtos naturais e sustentabilidade

Com o avanço da tecnologia e a revolução no acesso de qualquer pessoa à informação, vivemos um novo paradigma para produzir e...

Ver mais

Franquias de baixo custo: Uma boa opção para quem quer empreender?

Franquias de baixo custo: Uma boa opção para quem quer empreender?

O Franchising no Brasil é sem dúvida uma fórmula de sucesso. A quantidade de negócios, e o valor gerado para os envolvidos é realmente...

Ver mais

Ver mais

Ver mais

Encontre a melhor franquia para você