Início / Notícias / Eventos / Santo André sedia feira de franquias

Santo André sedia feira de franquias

Santo André sedia feira de franquias

Compartilhe:   

Dizem que brasileiro tem espírito empreendedor. E, de fato, tem. Tanto que, não raro, as pessoas largam emprego assalariado ou aproveitam verba de rescisão do contrato de trabalho para abrir o próprio negócio. Quem estiver em busca de opções de investimento, pode conhecer um pouco mais sobre franquias, que seguem modelos já consolidados e prometem retorno no curto prazo.

Neste fim de semana, entre os dias 10 e 11, Santo André vai sediar a primeira edição da Feira das Franquias no Espaço de Eventos do Hotel Mercure, que espera receber 5.000 pessoas e movimentar R$ 10 milhões em negócios no período de até um ano - considerando que o ambiente é favorável à troca de cartões e, geralmente, a assinatura de contratos ocorre fora do evento.

A feira, que terá entrada gratuita, funcionará das 12h às 18h, com mais de 80 marcas expostas em 21 estandes. Durante toda a tarde haverá palestras sobre marketing estratégico e aspectos legais, como conceitos de franquia, franqueador e franqueado, pontos positivos e negativos do modelo, contratos e cautelas para que o negócio seja bem-sucedido, ambos promovidos pela equipe do escritório regional do Sebrae-SP. Haverá, ainda, uma psicóloga realizando teste vocacional para que os interessados descubram o perfil de seu empreendimento. Segundo o Sebrae, o segmento de franquias é um dos que mais crescem no País. Em 2011, registrou faturamento de R$ 89 bilhões, montante que deve aumentar em 15% neste ano.

Motivado pela expansão do setor, Roger Zulli, morador do Grande ABC e diretor da Agir Produções, organizadora do evento, resolveu investir R$ 45 mil para realizar a feira. "Hoje, a região é vista como a menina dos olhos para o aporte de recursos de empreendedores. O público daqui gosta de coisa nova e de ter opções", diz. "A franquia é uma boa opção porque segue modelo de negócio que já deu certo. E, obedecendo o passo a passo, não tem como dar errado."

Na feira serão apresentadas franquias que partem de R$ 6.000, caso de serviço para troca de pneu e guincho ou limpeza de estofados, e vão até R$ 450 mil, caso da Pelé Arena Café. Haverá, ainda, estande do Golden Square Shopping para a prospecção de negócios ao complexo, que será inaugurado em São Bernardo em abril.

Entre as franquias mais acessíveis está a AgClean, empresa de limpeza de sofás e tapetes de Campina Grande, Paraíba, que promete retorno do investimento em até seis meses e faturamento mensal entre R$ 5.000 e R$ 10 mil. "Os ganhos variam de acordo com o número de clientes. Como todo mundo tem sofá e colchão em casa, e toda companhia tem cadeiras e poltronas, fica fácil estabelecer rede de contatos", afirma o proprietário Aguinaldo Lima. "O serviço é realizado na casa ou no escritório do cliente. Fornecemos detergente de fabricação própria." Lima garante que o negócio é uma "galinha dos ovos de ouro" e, se não funcionar, ele devolve o dinheiro.

Com preço intermediário, a partir de R$ 150 mil, é possível se tornar franqueado da rede de imobiliárias Paulo Roberto Leardi. De acordo com o superintendente Mário Gasperini, que também fará palestra sobre como escolher e negociar pontos comerciais, nos Estados Unidos mais da metade dos corretores trabalham em rede de franquias, "o que mostra que o investimento no setor é positivo para o Brasil." O retorno é prometido entre um e três anos.

>> Conheça o modelo de negócio da imobiliária Leardi

PUBLICIDADE

Tem interesse no mercado de franquias?