Início / Notícias / Eventos / Empresas fecham novos negócios na Rio Franchising Business

Empresas fecham novos negócios na Rio Franchising Business

Empresas fecham novos negócios na Rio Franchising Business

Compartilhe:   

A qualidade do público da Rio Franchising Business foi apontada por expositores como ponto forte do evento. Já para o público, a variedade de marcas de diferentes faixas de investimento e a oportunidade de tirar dúvidas com franqueadores fez valer a pena a visita. “Logo no primeiro dia alinhavamos a abertura de uma nova franquia. Percebemos que os visitantes não são curiosos, mas pessoas realmente interessadas em ter um negócio”, disse o gerente de Expansão da Andarella, Fábio Prata.

“As pessoas que vieram este ano parecem mais preparadas do que em anos anteriores, estão fazendo perguntas pertinentes e focadas no negócio”, contou o diretor executivo do Verdano Fresh Food (grupo Mundo Verde). O executivo vê boas chances de fechar contratos. “O público percebe a força do conceito da alimentação saudável”, acrescenta.

Guilherme Siriani, gerente de Expansão da Portobello Shop, disse que a participação superou as expectativas. Além de quatro reuniões agendadas para São Paulo, o executivo tem boas perspectivas de fechamento de negócio. Siriani faz planos de participar do evento novamente no ano que
vem. “Quero inclusive investir mais no estande”, antecipou. A empresa representa a Portobello, maior rede de franquias do segmento de revestimentos cerâmicos.

Para a master-franqueada da Não+Pêlo no estado do Rio, Janete Cozer, o público que está
participando da feira este ano veio realmente interessado em fechar bons negócios. “Não tem muito curioso”, comenta. “O que mais chama a atenção é que muitos clientes da Não+Pêlo estão vindo se informar sobre como abrir uma franquia”.

As amigas Lorena Tristão, de 28 anos, e Maria Rodrigues, de 31, estiveram no evento para conhecer oportunidades de negócios de baixo investimento. Ambas têm, em torno, de R$ 25 mil para investir, e acharam que a visita valeu a pena. “Foi bem informativo”, disse Lorena. Já Maria elogiou a variedade de marcas e de faixas de investimento.

Pedro Caruso, de 67 anos, prospectou oportunidades de negócios para investir em parceria com o sobrinho Arnaldo Caruso, de 52. Arnaldo já é franqueado da Via Verde e pensa em diversificar seus
investimentos, com mais uma marca. “Preferimos investir em uma marca consolidada”, disse.

>> Veja outros eventos do franchising

PUBLICIDADE

Tem interesse no mercado de franquias?