Início / Notícias / Eventos / Franchising nacional rumo à Colômbia, Angola, Moçambique e África do Sul

Franchising nacional rumo à Colômbia, Angola, Moçambique e África do Sul

A ABF, em parceria a APEX-Brasil, participará de eventos em Bogotá e no continente

Compartilhe:   


Em função da parceria estabelecida entre a Associação Brasileira de Franchising - (ABF) e a Agência Brasileira de Promoção de Exportação e Investimentos - (Apex-Brasil), cujo objetivo é divulgar a marca Brasil em território estrangeiro, um grupo de investidores brasileiros viajam em julho para Colômbia, Moçambique, África do Sul e Angola.

Entre 08 e 09 de julho, o Pavilhão Brasileiro será composto de membros de algumas entidades e empresários de redes de franquias que desembarcam em Bogotá, na Colômbia, para participar da IV Feira FANYF (Feira Andina de Negócios e Franquias).

O mercado colombiano é um dos mais promissores para investimentos na América Latina e segundo levantamentos técnicos da ABF apresenta mais de 10 cidades com grande potencial para negócios com formato de franchising. “Além disso, a população de elevado nível cultural e a situação econômica estável favorecem os negócios”, afirma Ricardo Camargo, diretor executivo da ABF que acompanhará a comitiva.

Atualmente, nove redes brasileiras já operam no sistema de franquias daquele país. São elas: Wizard, Via Uno, Dumond Calçados, Morana, Totvs, O Boticário, Localiza, Cantão/Redley, Lilica Ripilica (Marisol) e a Livraria Nobel que está prestes a inaugurar sua primeira unidade.

Na sequência, entre 14 e 28 de julho, Ricardo Bomeny, presidente da ABF e CEO da Brazil Fast Food Corporation (BFFC), acompanhado do diretor executivo da associação, Ricardo Camargo e de outros executivos, participarão do Pavilhão Brasileiro promovido pela APEX-Brasil durante a Feira Internacional de Luanda – FILDA, em Angola. “Trata-se de uma feira multisetorial que movimenta toda a região e atrai investidores e compradores de diversos países”, afirma Bomeny.

Atualmente, Angola é o terceiro maior destino das franquias brasileiras, 17 marcas nacionais representam o País na região. São elas: Carmen Steffens, Dumond Calçados, Bob´s, Mister Sheik, Mundo Verde, Werner Coiffeur, Totvs, Akakia, O Boticário, Truss, Bit Company, Escolas Fisk, Sapataria do futuro, Livraria Nobel, Costura do futuro, Gree e Richard’s.

A ABF, com o apoio da Embaixada Brasileira em Angola, aproveitará a ocasião para realizar vistas técnicas e rodadas de negócios com os empresários brasileiros.
 
A comitiva encerra a viagem em Moçambique e África do Sul também com importantes visitas técnicas. De acordo com levantamentos prévios, em Moçambique foram identificadas operações da Totvs e da rede O Boticário. Já na África do Sul foram localizadas operações das redes Via Uno, O Boticário e Cantão/Redley.

 “Enxergamos no mercado africano excelentes oportunidades para a inserção das marcas brasileiras, sobretudo em Angola e Moçambique, onde há demanda por todo tipo de produto e a afinidade da língua, bem como na África do Sul, que é o pólo de desenvolvimento do continente”, afirma Bruno Amado, gestor de projetos da Apex-Brasil.

O projeto

Esta agenda encerra as atividades internacionais de 2010, previstas no acordo da segunda etapa do projeto de internacionalização entre a ABF e a Apex-Brasil. Desenvolvido em 2004, o programa do biênio 2009/2010 contou com investimentos na ordem 1 milhão de reais. “Estamos certos de que essa parceria foi bastante proveitosa, mais do que promover a exportação de produtos, o projeto tem como objetivo apoiar a internacionalização de marcas e empresas genuinamente brasileiras, proporcionando, além dos royalties, uma substancial valorização da imagem do Brasil como País inovador, competitivo e sério”, conclui Amado.

O programa de internacionalização foi responsável pela presença de 22 empresas e pela divulgação do sistema nacional de franquias em vários eventos internacionais na América Latina, América do Norte, África, Europa e Ásia. A partir destas ações, muitas delas já se estabeleceram no México, Estados Unidos, Portugal, Espanha, Angola, Colômbia, Argentina, Chile e Panamá. De acordo com as projeções da ABF, em 2010, 65 marcas brasileiras devem exportar franquias para 49 países.

Mais informações: www.portaldofranchising.com.br


PUBLICIDADE

Tem interesse no mercado de franquias?