Segmento de Beleza e Estética continua em alta em São Paulo e pode crescer mais no Brasil

Fora das três primeiras posições dentre os segmentos de maior faturamento em 2018, setor é resiliente e costuma manter crescimento nos mais diversos nichos.

Diferentemente do último resultado de 2018 apresentado pela Associação Brasileira de Franchising (ABF) referente aos três segmentos de maiores faturamentos no país, Beleza e Estética segue sua trajetória entre os paulistas. A Associação Brasileira de Franchising, através de uma pesquisa no segmento de Beleza e Estética, apresentou um crescimento de 9.7% na capital. O nicho ficou atrás somente de Entretenimento e Lazer e Outros Negócios. Para o novo presidente da entidade, André Friedhein, o nicho de Beleza e Estética está entre os mais promissores, juntamente com alimentação, para o ano de 2019 que pode crescer na casa dos dois dígitos depois de alguns anos abaixo de 10%.

Em 2017, o segmento de Beleza, Estética e Bem-Estar cresceu 12% em todas as regiões do Brasil, segundo a ABF, e um estudo realizado pela SPC Brasil mostrou que o brasileiro prefere cortar gastos com lazer e entretenimento a comprometer a vaidade. Baseado nas informações, André Friedheim aponta o segmento de Beleza, Estética e Bem-Estar como um dos responsáveis para o franchising voltar a atingir crescimento em dois dígitos.

A Não+Pelo, multinacional que tem 290 lojas em funcionamento no Brasil, é uma franquia presente desde 2010 trazendo uma tendência de mercado que é a preferência dos consumidores por produtos e serviços multifuncionais. De acordo com a consultoria Kline, o setor de Beleza e Estética deve ganhar mais projeção no mercado brasileiro muito em função do envelhecimento da população. Segundo a empresa, o Brasil terá 64 milhões de pessoas acima dos 60 anos em 2030.

"Uma das premissas do setor de Beleza e Estética é a conveniência e a otimização do tempo para o cliente. A Não+Pelo chegou ao Brasil para ficar, pois há nove anos, foi implantado um método híbrido de depilação trazendo benefícios extras. O cliente da Não+Pelo sabe que os pelos são retirados, mas também os assuntos dermatológicos estão sendo tratados também graças a tecnologia da Luz Pulsada Intensa. A busca pela jovialidade, obviamente, vai impulsionar o setor e seus vários nichos. O Brasil está passando por um processo de mudança da população adulta", diz Thais Ramos, franqueadora máster da regional São Paulo.

Além de algumas inaugurações previstas a partir do mês de abril, a rede pretende incrementar seu portfólio de produtos. A multinacional está para aprovar a inclusão de mais dois novos produtos nas lojas (novo filtro solar fator 60 para o rosto e um gel refrescante para aplicação após a sessão do tratamento). Quanto à expansão, a meta é atingir até 40 novas franquias em funcionamento e contratos assinados. O estado de São Paulo puxa a fila. São previstas dez a 12 novas franquias no estado em 2019. Seis delas já comercializadas e em fase de implantação. A marca pretende seguir o fenômeno da interiorização para alavancas nossos negócios em municípios que a marca pretende chegar. A Não+Pelo está presente em 29 municípios, exceto a capital. Em abril, inaugura sua segunda unidade em São José do Rio Preto e no bairro Ipiranga na capital. Em maio chega a cidade de Leme.

Sobre a franquia Não+Pêlo

A Não+Pelo é uma multinacional espanhola atuante no segmento de Beleza, Estética e Bem-Estar presente em 14 países. Fundada em 2007 e iniciada no franchising no ano seguinte, a rede chegou ao Brasil em 2010, e rapidamente, expandiu-se por todo o território nacional. Presente em todos os estados e capitais, a Não+Pelo, atualmente opera com 290 pontos de atendimento com a perspectiva de 30 a 40 novas lojas e contratos assinados até 2020 quando a marca completará dez anos de atuação junto ao público brasileiro. 

A inovação na oferta de serviços e produtos multifuncionais balizado por uma tecnologia de ponta é o diferencial competitivo da Não+Pelo, que trouxe um hibridez aos cuidados com a imagem. Além da retirada dos pelos sem causar dores sem ser invasivas, a Luz Pulsada Intensa, também realiza os cuidados dermatológicos graças às bactericidas contidas na tecnologia adotada pela Não+Pelo. Os serviços prestados são fotodepilação, fotorrejuvenescimento e tratamento de vasos, e os produtos são emulsões hidrantes e protetores solares. A rede pretende aumentar seu portfólio este ano com a criação de um protetor solar e emulsão hidratante fator 60 para o rosto e um gel refrescante para aplicação após sessão. 

A Não+Pelo é uma empresa de tecnologia que detém maquinário próprio desenvolvido na própria empresa, cuja novidade fica por um sistema de refrigeração sub-zero que torna o serviço conveniente e agradável sem dores e sensação de quentura da pele. Dentre os benefícios da tecnologia da Luz Pulsada Intensa é a melhoria da textura da pele, diminuição das linhas de expressões, estímulo à produção de colágeno, abrangência de comprimento de onda entre 590 e 1.200 nanômetros diversificando os tipos de tratamentos, luminosidade à área tratada, maior demora para o crescimento dos pelos, tratamentos de pelos claros e finos e fototipos mais altos, ambas características que o laser não é aplicável, além hipertricose e pseudofoliculite (popularmente chamado de pelos encravados). 

O investimento inicial para a aquisição de uma franquia da Não+Pelo é de R$125 mil. A taxa de franquia é R$50 mil, o capital de giro em torno de R$ 30 mil e o faturamento médio mensal bruto é R$33 mil. Os royalties equivalem a R$1.6 mil, a taxa de Publicidade, R$1 mil e o lucro médio mensal variando entre 20% e 25%. 

 

Encontre a melhor franquia para você: Franquias por segmentos e ramos

Fonte: Assessoria - www.suafranquia.com

Encontre a melhor franquia para você