Veja como otimizar as vendas na próxima Black Friday

Especialista em marketing apresenta dicas para obter bons resultados tanto em lojas físicas como em e-commerces

Os preparativos para a Black Friday, que ocorre no próximo dia 23 de novembro, prometem incrementar mais uma vez as vendas no mês de novembro. Muito popular no comércio nacional online e off-line, a ocasião é uma boa oportunidade para inclusive esvaziar estoques, promover negócios e se preparar para outra importante data comercial, o Natal.

De acordo com dados da Associação Brasileira de Comércio Eletrônico (ABComm), o e-commerce deve faturar R$ 37,9 bilhões no segundo semestre deste ano, o que deve representar crescimento de 15% em comparação com o mesmo período de 2017. E a Black Friday deve ser uma das responsáveis nesse incremento de vendas, junto com o Dia das Crianças e o Natal.

Segundo um estudo realizado pelo BlackFriday.com.br feito com mais de 1.900 pessoas durante o mês de outubro de 2017, 52,5% das pessoas compram exclusivamente por meio de e-commerces, enquanto 10,7% seguem preferindo apenas as lojas físicas e 36,7% compram onde encontrarem uma boa oportunidade, sem se importar se a loja é física ou virtual. Com isso, é uma boa oportunidade de vendas para o comércio em geral e , claro, também para as redes de franquias. 

Dicas

Para ajudar os micro e pequenos empresários a planejarem e executarem estratégias assertivas para aproveitar a data em favor de seus negócios, Marcos Gaubert, gerente de Marketing do Myrp, empresa focada em sistema on-line para emissão de documentos fiscais eletrônicos e gestão empresarial, traz algumas orientações. “O planejamento para o Black Friday é o ponto base do sucesso. A data oportuniza o aumento das vendas e a conquista de novos clientes, por isso é fundamental garantir que haja estoque e estrutura suficiente para atender a demanda”, explica. Ele indica fazer um levantamento do estoque com quantidades e modelos dos produtos existentes em loja e avaliar quais mercadorias ou serviços são mais procurados pelos clientes e fazer uma análise do aumento das compras. “Se for comércio online, é importante que o site tenha estabilidade e estrutura para o aumento de acesso e que continue operando de modo eficiente, sem ficar lento ou cair”, completa o especialista.

Já, para lojas físicas, Gaubert recomenda que cuidado especial com o estoque, que esteja preparado e bem organizado, facilitando a procura dos produtos. É importante também contar com vendedores preparados para o aumento do fluxo de vendas, além de produtos bem expostos nas gôndolas, facilitando a visualização pelos clientes.

Divulgação

O especialista lembra da importância de utilizar uma divulgação estruturada e em diversos canais para reforçar a promoção. “Informar os clientes através das redes sociais, e-mail marketing e site da empresa é fundamental para que a repercussão seja maior”, aponta.

Outras recomendações se baseiam no lucro através da realidade empresarial. Neste quesito, é preciso considerar o estoque e perfil dos consumidores, ou seja, selecionar os produtos e fazer o desconto de acordo com dados de vendas: quais produtos saem mais, qual o período mais favorável para a venda de cada um deles, qual o preço médio da mercadoria e qual o impacto real do desconto sobre eles. “É possível fazer grandes promoções sem prejudicar o caixa. Basta aplicar os descontos com planejamento estratégico”, recomenda.

Confira algumas oportunidades: Franquias por Segmentos e Ramos

Saiba mais: Como abrir uma franquia 

Fonte: Sua Franquia - www.suafranquia.com

Encontre a melhor franquia para você