Como franquear seu negócio

Enviado em 18/11/2011 às 21:01:19

01-  Quando uma ideia é franqueável?Uma ideia não é franqueável até que ela se torne um negócio de fato, testado e validado pelo mercado e pelo empresário, em relação à qualidade do produto, aceitação do público alvo, etc. O empresário deve  adquirir know how com a operação do negócio e só a partir daí franquear, ainda assim levando em consideração os aspectos financeiros e econômicos que  que proporcione  ganho para o franqueado e para o  Franqueador.


02-  O que é preciso saber antes de franquear seu negócio? Antes de franquear  é preciso fazer uma análise profunda do negócio no estágio atual nos seguintes aspectos: lucratividade, autossuficiência; processos; pessoas e capacitação, e, se for fornecedor da rede, avaliar se está preparado e com capacidade suficiente de produção para abastecimento dos franqueados.

Feita essa análise, preparar um plano de negócio, com foco na expansão com franquias, onde serão analisados: mercado, concorrência, competitividade, imagem  da marca e simulações de resultados do franqueado e franqueador, entre outros aspectos ligados a expansão. E também, são as possibilidades de sucesso do franqueado, planilhas financeiras, mapeamento de territórios para expansão e qual é o perfil que você espera de seus franqueados.


03-  Quando a ampliação por filiais é melhor? A ampliação por filiais é melhor quando não há possibilidade de ganho suficiente para o franqueado. Muitas vezes, a expansão compensa para o dono do negócio por atingir um mercado maior e pela soma do resultado das Unidades, contudo, se fosse um franqueado de uma única Unidade, o investimento não valeria a pena, por haver retorno insuficiente.


04-  Por que nem toda idéia é franqueável?

Por que antes de ser franqueável, toda idéia deve se tornar um negócio, ser testada e validada pelo mercado, consumidor e pelo próprio empresário .Além do que, determinadas empresas podem ter especificidades que não permitem sua replicação em razão de logística, dificuldades de manipulação de matéria prima, inviabilidade financeira, etc. Portanto, deve-se estudar muito bem o negócio em todos os seus aspectos para saber se é franqueável ou não. Não se valha apenas de aparências ou aspectos subjetivos, Franquear um negócio pressupõe muita responsabilidade, afinal, terceiros irão investir em sua marca e precisarão ter em troca o retorno prometido.


05-  O perfil para franquear deve ser da empresa ou do empresário? Para franquear, a empresa precisa ser estruturada para tal. Não é recomendável que se confunda a empresa/negócio com a empresa franqueadora, pois as necessidades de ambas são distintas. Para tanto, dependerá muito do perfil do franqueador, em conseguir discernir as diferenças e conduzir de acordo com a cada necessidade.

No entanto, a falta de perfil do empresário para franquear pode ser suprida por um executivo que administre a empresa franqueadora, porém a falta de estrutura para franquear jamais poderá ser suprida pelo negócio próprio do empresário, podendo causar grandes prejuízos a todas as partes envolvidas.


06-  Qual a importância da sustentabilidade numa rede franqueada?

Um negócio sustentável pressupõe as seguintes características:

·         ecologicamente correto

  • economicamente viável
  • socialmente justo
  • culturalmente diverso

Sendo assim, não há o que se imaginar uma Rede Franqueada sem de qualquer uma das características apontadas acima. Ou seja, sustentabilidade é muito mais do que importante, deve ser pressuposto de existência.


- Como ele pode ter certeza de que está fazendo a escolha certa?

O investidor estará fazendo o negócio certo se ele estiver certo sobre:

·         a idoneidade da empresa que ele pretende investir

·         se ele tiver afinidade com o negócio

·         se os números apresentados correspondem com a realidade das franquias existentes na rede

·         se ele tiver todo o capital necessário para investir no negócio sem que isso comprometa sua vida pessoal principalmente nos meses iniciais do negócio.


- O que levar em consideração na hora da escolha?

 

Na hora da escolha devem ser considerados:

·         Afinidade com o negócio

·         tempo de retorno do investimento

·         aceitação no mercado de atuação

·         possibilidade de ganhos que correspondam a sua expectativa

·         disponibilidade e dedicação de acordo com a necessidade do negócio.


- Como saber que a franqueadora dará suporte a todo o processo?

Comparando as informações passadas pela franqueadora com a realidade das franquias já existentes na Rede. Ninguém melhor que os franqueados para contribuírem com seu convencimento.

Últimas Notícias

Mídias Sociais

102k

Follow

16K

Follow

10K

Follow

-->