Confira 7 dicas antes de abrir uma franquia

Enviado em 18/06/2012 às 09:28:29

Começar um negócio próprio que já tem um histórico positivo e, com isso, minimizar os riscos de perdas financeiras é o principal motivo que leva futuros empresários a investir em uma franquia. De acordo com dados da Associação Brasileira de Franchising (ABF), para garantir o sucesso desse modelo de negócio - em que uma empresa cede o direito de uso de sua marca mediante pagamento e fornece orientação para a gestão do novo empreendimento - é preciso analisar quesitos como perfil do franqueado (a pessoa que paga pelo uso da marca), do franqueador (aquele que cede a marca mediante pagamento), a capacidade de investimento e o mercado do novo negócio.

De acordo com dados da ABF, o segmento de franquias no Brasil cresceu 16,9% em 2011, com faturamento de R$ 88,8 bilhões. O setor representou 2,3% do Produto Interno Bruto (PIB) em 2011. Estudo da associação mostrou que o setor cresceu mais do que o esperado em decorrência do bom momento da economia nacional e do aumento de renda da população. Em 2012, a expectativa é que o crescimento fique em torno de 15%.

O número de unidades franqueadas aumentou 7,8% em 2011 em relação a 2010 e atingiu 93.098 unidades. No último ano, foram abertos 60,5 mil novos postos de trabalho e a previsão é que neste ano o setor concentre 913 mil empregos. Mas para o diretor executivo da associação, Ricardo Camargo, os bons números não são sinônimo de que toda nova franquia terá sucesso. Para ele, antes de adquirir uma franquia, o futuro empresário deve pesquisar sobre local, aptidão para o negócio e outros requisitos fundamentais para quem quer começar um negócio desse tipo e que.

Confira dicas para garantir o sucesso de uma franquia

Pesquise
Segundo o Ministério do Desenvolvimento, Indústria e Comércio Exterior, é preciso analisar detalhadamente cada oportunidade antes de se aventurar em uma franquia. A pesquisa deve se começar por uma avaliação sistemática e minuciosa dos dados da empresa franqueadora.

Entenda
De acordo com cartilha do Ministério, a primeira etapa antes de abrir uma franquia é conhecer todas as particularidades do modelo. Além disso, é preciso saber as leis, a jurisprudência (decisão dos tribunais a respeito do assunto), além de pesquisar casos de franquias de sucesso e outros de fracasso.

Afinidade

Não adianta investir em um negócio para o qual não se tem aptidão, diz Borges. "Antes de definir o tipo de negócio é fundamental analisar o perfil do empresário, para saber qual franquia se encaixa melhor." A opinião é respaldada pelo consultor do Sebrae, José Carmo Vieira de Oliveira. "A pessoa não pode mentir para ela mesma. Tem que fazer uma análise minuciosa e tem que saber que precisa gostar de gente, pois vai lidar diariamente com um público diverso e com funcionários".

Objetivos
Segundo dados da ABF, os contratos de franquia em geral são feitos para cinco anos, então, é preciso analisar se o candidato está preparado para se comprometer durante todo esse tempo.

Investimento
De acordo com Borges, para garantir o sucesso do empreendimento é preciso ter pelo menos 50% do capital necessário em dinheiro. "É o valor mínimo necessário para investir até que o retorno do valor investido", diz. Para as "microfranquias", por exemplo, é preciso ter pelo menos R$ 25 mil em dinheiro. O consultor do Sebrae garante que o capital de giro deve ser ainda maior. "É preciso ter capital para sustentar o negócio por pelo menos um ano, quando deve começar a dar retorno financeiro", diz.

Análise do mercado

"Atualmente, não é recomendado abrir um local que revela fotos ou uma locadora de CDs, que são empresas que devem sair do mercado por causa da tecnologia. Assim, é preciso analisar bem o setor para evitar surpresas", diz Borges. Segundo o ministério, essa análise inclui ainda a avaliação dos concorrentes e a definição do plano de expansão da franquia (quantas lojas devem ser abertas e em quais regiões).

Ponto comercial
Escolher o ponto comercial é fundamental, pois determina o tipo de público e, consequentemente, a fatia de mercado que se quer atingir. "É preciso verificar qual o tipo de cliente antes de escolher o local de instalar o negócio", conta o diretor. As empresas franqueadoras costumam oferecer esse tipo de serviço para garantir o bom aproveitamento do negócio.

Últimas Notícias

Mídias Sociais

102k

Follow

16K

Follow

10K

Follow