Rede Equus: conheça a trajetória da marca fundada por um apaixonado por cavalos

Marca teve altos e baixos em sua trajetória, mas com modelo de negócio remodelado, planeja expandir pelo franchising com modelo de negócio a partir de R$334.500 de investimento

Motivado por sua paixão por cavalos, após assistir à peça Equus, Adelvan Monteiro escolheu o nome da marca para iniciar seu grande sonho. A Equus começou em 1986 como uma multimarca e logo passou a confeccionar seus produtos. Hoje, mais de 30 anos depois, a marca acumula 36 lojas em operação, sendo 19 próprias e 15 franquias.

No início, o empresário apostava no mercado jeans wear, tanto é que a marca nasceu como "Equus Jeans". Com isso, ao se tornar sócia da lavanderia Zubom, localizada em Passa Quatro/MG, a partir de 1998 a empresa passou a garantir também a qualidade de lavagem e acabamento de todo seu jeans.

A marca, que iniciou sua operação focada em vendas no atacado, abriu sua primeira loja de varejo somente no ano de 2000 e, a partir deste ano, começou uma nova trajetória de crescimento. Em 2004, a Equus passa pela necessidade de modernização da época e renova sua logo, passando a se posicionar definitivamente como uma marca totalmente feminina e autêntica.

Quatro anos depois, com a necessidade de expandir a marca em outros mercados, a marca resolve entrar para mercado de franquias, estratégia que deu um bom resultado: em dois anos de trabalho, 18 lojas franqueadas.

Altos e baixos da marca

Em 2011, a marca comemora seus 35 anos com 70 lojas em operação no Brasil e, no ano seguinte, 2012, formaliza duas unidades internacionais na Guatemala. Já, em 2014, a empresa dá um novo passo ao futuro, criando a Equus & Co., com 75 lojas, a empresa busca novos mercados e desta vez o alvo é o canal de vendas Multimarcas.
Porém, no mesmo ano, a empresa enfrenta o seu maior desafio: a crise econômica, com reflexos sérios no varejo brasileiro e, também em suas operações, inclusive com fechamento de unidades.

Foram 2 anos trabalhando na reestruturação da empresa, até que em 2017, com pulsos firmes, a marca consegue dar nova vida a Equus, fortalecendo sua base e retomando de forma consciente e bem administrada, a diretriz de crescer novamente.

Modelo de negócio

Hoje a Equus, com 36 lojas em operação, quer reconquistar seu espaço no mercado de moda feminina. Para isso, aposta no franchising para expandir pelo país. Além de oferecer ao franqueado jeans e roupas fashions, a rede possui um sistema de franquia eficiente que envolve assistência, distribuição de mercadoria, marketing cooperativo, entre outros benefícios existentes na empresa.

Os requisitos para adquirir uma franquia da rede são: boa formação e/ou experiência no ramo de negócio, preferencialmente varejo; capacidade empreendedora com domínio de princípios empresariais; disciplina as normas e condições estabelecidas para a relação de rede franqueada; participação construtiva no empreendimento, objetivando o processo de melhoria contínua na sua região de atuação, com visão administrativa

Além de identificação com os produtos e com a marca Equus, é importante ter confiança no sistema de franquia; senso organizacional; liderança e iniciativa; capacidade de relacionar-se e interagir com o público em geral, tempo disponível para dedicação na estratégia e operação da loja, além de possuir condições financeiras sólidas e estáveis necessárias à aquisição. Uma loja padrão da Equus, de aproximadamente 50m², requer um investimento inicial a partir de R$ 334.500.

Clique aqui e confira mais opções de franquias de Vestuário

Fonte: Sua Franquia - www.suafranquia.com

Encontre a melhor franquia para você