Notícias / Negócio Próprio / Sebrae e Embrapii garantem R$ 116 milhões para pequenas empresas e startups

Sebrae e Embrapii garantem R$ 116 milhões para pequenas empresas e startups

Total investido, com os aportes das Unidades Embrapii e das empresas, deve chegar a R$ 390 milhões, maior valor investido desde o início da parceria

Compartilhe:   

O Sebrae (Serviço Brasileiro de Apoio às Micro e Pequenas Empresas) e a Embrapii (Empresa Brasileira de Pesquisa e Inovação Industrial) firmaram parceria que vai garantir R$ 116 milhões para que startups, micro e pequenas empresas tirem do papel o desenvolvimento de projetos de inovação industrial. O anúncio acontece durante o 10º Congresso Internacional de Inovação da Indústria, na quinta (27) e sexta-feira (28), no São Paulo Expo.

Este é o quarto contrato celebrado entre as duas instituições, com valor recorde de contratação desde o início da parceria, em 2017. A previsão é de que, no total, sejam investidos R$ 390 milhões, com os aportes das Unidades Embrapii e das empresas. Os recursos empregados asseguram um ambiente favorável ao desenvolvimento tecnológico e à maior competitividade das empresas de pequeno porte. O acordo prevê ainda a intensificação da divulgação e ampliação dos contratos firmados com empresas das regiões Norte, Nordeste e Centro-Oeste.

O bom momento da economia, aliado a uma série de mudanças globais, como a liderança do presidente Lula no G20 e do Mercosul, exige um país ainda mais comprometido com a energia limpa, com a inovação e os avanços proporcionados pela pesquisa. Para que o mundo consiga alcançar a economia verde, os pequenos negócios precisam ser atendidos em suas necessidades de tecnologia e recursos. A parceria com a Embrapii vai permitir que os pequenos negócios avancem neste desafio. Não podemos esquecer que a inovação também é para os pequenos negócios.
Décio Lima, presidente do Sebrae.

O presidente da Embrapii, Chico Saboya, ressalta que a parceria reforça a crença entre as entidades – Embrapii e Sebrae – no potencial empreendedor brasileiro. “Queremos promover o desenvolvimento tecnológico por todas as regiões do país e dividir o risco da inovação com as pequenas empresas. A parceria com o Sebrae, aqui renovada, dotará a Embrapii de mais recursos para cumprir sua missão de estímulo à competitividade e ao crescimento das indústrias de pequeno porte em todo o território nacional”, destaca Saboya.

A execução do contrato tem início em janeiro de 2024, com duração até janeiro de 2027. Estima-se que o novo acordo viabilize o desenvolvimento de 700 projetos de inovação industrial e o atendimento a cerca de 800 empresas em todo o Brasil. Os números superam os resultados dos três contratos anteriores. Os recursos aplicados pelo Sebrae nos contratos assinados nos anos de 2017, 2019 e 2021 foram da ordem de R$ 59,8 milhões, com investimentos totais da parceria chegando a R$ 271,5 milhões.

Contratos 2017, 2019 e 2021
Recursos do Sebrae: R$ 59,8 milhões
Recursos totais: R$ 271,5 milhões
Empresas apoiadas: 511
Projetos desenvolvidos: 393

*Contrato 2023 – firmado agora*

Recursos do Sebrae: R$ 116 milhões

Recursos totais: R$ 390 milhões

Empresas apoiadas: 800

Projetos desenvolvidos: 700

*números estimados

Tratamento diferenciado

Os recursos serão utilizados no modelo de apoio Lab2Mkt da Embrapii, voltado para micro e pequenos negócios e startups. Nele, a organização garante o aporte de até 50% do valor do projeto em recursos não reembolsáveis. O restante é coberto pela contrapartida da empresa e da Unidade Embrapii.

O diferencial desta parceria é que o Sebrae também investe recursos financeiros, que cobrem até 70% do valor da contrapartida da empresa. Isso diminui o valor do investimento de que ela precisaria dispor e os riscos da inovação. Considerado o valor global do projeto, os recursos do Sebrae, Embrapii e Unidade Embrapii podem chegar a 90% do total. Neste caso, a empresa ficaria responsável por apenas cerca de 10% do valor do projeto.

Como principais pré-requisitos para receber o apoio, as empresas devem ter CNAE Industrial ou TIC e faturamento abaixo de R$ 4,8 milhões no ano anterior. Além disso, devem apresentar projetos com escala de maturidade tecnológica de 3 a 9. O apoio da Embrapii é feito em todo o ciclo de desenvolvimento tecnológico, desde a pesquisa básica até o produto final, diminuindo, assim, o risco das empresas no investimento em inovação.

Modalidades

Desenvolvimento Tecnológico: projetos de inovação de apenas uma pequena empresa. O valor aportado pelo Sebrae pode chegar a R$150 mil;

Encadeamento Tecnológico: projetos de inovação de um pequeno negócio em parceria com uma média ou grande empresa. O valor aportado pelo Sebrae pode chegar a R$ 200 mil; e

Aglomeração Tecnológica: projetos de inovação desenvolvidos em parceria com pequenos negócios com ou sem a presença de médias ou grandes empresas e/ou fundos de investimento. O valor aportado pelo Sebrae pode chegar a R$ 300 mil.

Rede de Inovação

Por meio da parceria com o Sebrae, a Embrapii oferece às empresas de pequeno porte, e startups, acesso à infraestrutura e a conhecimentos científicos e tecnológicos das Unidades Embrapii. Trata-se de uma rede de 96 centros de pesquisa de excelência credenciados em todo o país para desenvolver os projetos de pesquisa apoiados pela instituição. Juntos, eles reúnem uma rede de aproximadamente 4 mil pesquisadores.

Para obter os recursos, as empresas devem apresentar seus projetos às Unidades Embrapii, que serão responsáveis pela aprovação do projeto e pelo repasse dos recursos. Esses centros são compostos por especialistas que desenvolvem soluções de acordo com as necessidades.

Fonte

Agência Sebrae

PUBLICIDADE

Tem interesse no mercado de franquias?