Franqueados multiunidades fortalecem o franchising durante a crise

De acordo com Associação Brasileira de Franchising, a média de unidades por rede subiu no último ano

 

De acordo com Associação Brasileira de Franchising, a média de unidades por rede subiu no último ano

 

Segundo a Pesquisa de Desempenho do Franchising Brasileiro, divulgada no mês de fevereiro, uma das tendências do setor de franquias é o aumento do número médio de unidades por marca, o que segundo a Associação Brasileira de Franchising, demonstra maior maturidade das redes.

 

A entidade aponta que a exemplo de 2019, essa média teve uma alta de 6,5%, saltando de 55,2 para 58,8 operações média por marca, o que mostra o crescimento da participação de multifranqueados, seja eles multiunidades – donos de franquias de uma mesma marca – ou multimarcas – com operações de diferentes redes.

 

Hoje no Instituto Gourmet, rede de franquias de ensino profissionalizantes em gastronomia, 75% dos franqueados são multiunidades. Robson Fejoli, sócio diretor da rede, conta que esse perfil não traz facilidade, mas uma possibilidade de escalonamento de processos e equipe que tiveram sucesso, que são fatores importantes para otimizar a operação de novas unidades. “O franqueado multiunidades não é uma preferência, mas ele é um indicador de sucesso pois chancela a boa performance de nossos negócios”, comenta.

 

Felipe Castro Reis, 35 anos, é franqueado da marca responsável pelas unidades de Barreiro, Alípio de Melo, Ribeirão das Neves e Uberlândia. “Há dois anos atrás comprei minha primeira praça do Instituto Gourmet, sempre gostei da área de educação e o modelo de negócio me atraiu bastante, depois de conversar com franqueados, percebi que era um bom negócio investir na marca”, pontua.

 

Das unidades adquiridas pelo empreendedor, uma foi inaugurada recentemente e outras três estão previstas até o final deste primeiro semestre deste ano. “O franchising nos dá segurança para quem pensa em crescer empreendendo, é importante aproveitar todo know-how da franqueadora para um bom funcionamento do negócio”, afirma.

 

Fejoli afirma que 2020 foi um ano desafiador, mas ainda assim a marca seguiu na contramão da crise e conquistou um crescimento de 40% em relação à 2019. Foram mais de 23 mil alunos, 71 unidades comercializadas e um faturamento de mais de R$ 60 milhões. “Acreditamos que isso foi fruto da rápida adaptação e inovação do modelo de negócio por parte da franqueadora”.

 

No último ano, o Instituto Gourmet anunciou a sociedade com a holding SMZTO, anunciou a Ana Maria Braga como garota propaganda da rede e com agilidade implementou o ensino hibrido para que os alunos não perdessem conteúdo durante o momento de pandemia. Para esse ano, a rede tem como principal meta estruturar novos cursos e desenvolver uma nova plataforma de treinamentos, além de focar na expansão da marca na região sudeste.

 

“Estamos bem esperançosos com 2021. Com as adversidades do ano passado, ficou claro a importância de conhecimento profissional, e nosso método de ensino focando no aluno empreendedor é uma ótima oportunidade de transformação de vida”, comenta Robson Fejoli.

 

A meta deste ano e atingir o faturamento de mais de R$ 100 milhões e em três anos atingir a casa das 300 unidades comercializadas em todos os Estados Brasileiros.

 

Sobre o Instituto Gourmet

O Instituto Gourmet é a maior rede nacional de franquia especializada em cursos profissionalizantes na área da gastronomia. Criado para quem deseja ingressar no mercado gastronômico e obter formação profissional da área, o Instituto oferece opções de cursos de curta ou longa duração, com flexibilidade nos horários e foco na interação do aluno. Criada em 2014, a rede ingressou no franchising em 2017 e já conta com 83 unidades em operação e mais de 150 unidades comercializadas em todo país.

 

Encontre a melhor franquia para você: Franquias por segmentos e ramos
Confira mais artigos em: Gurus do Franchising

Encontre a melhor franquia para você