Confira 5 dicas para empreender no período pós-pandêmico

Com o fim das restrições de funcionamento do comércio, decretado recentemente pelo Governo do Estado de São Paulo, os donos de estabelecimentos podem voltar a sonhar com tempos mais prósperos. É que desde o último dia 17 de agosto, o atendimento presencial - que havia sofrido alterações em decorrência da pandemia da covid-19 - pode acontecer com 100% da capacidade, e já não há limitações de horário.

Para quem pretende aproveitar a retomada destas atividades para abrir um novo negócio no setor, Carla Santos, publicitária e sócia-fundadora da padaria artesanal Ca com Fé, aponta cinco dicas que não podem ficar fora da lista dos futuros empreendedores mais atentos. Confira!

Conheça o mercado

Não adianta escolher qual será a sua área de atuação sem ter em mente a importância de estudá-la com afinco por alguns bons meses antes de se lançar no mercado. Para Carla, aliás, "não ter o conhecimento de aderência do seu negócio é contar a certeza do fracasso e de prejuízos em pouco tempo".

 

Aposte no seu diferencial

Cada negócio tem as suas características únicas - e conhecê-las bem é sinal de meio caminho andado para alcançar o sucesso da empresa. Isso porque, "ao entender o que distingue o seu negócio dos outros, é possível investir em ações que atraiam e fidelizem os clientes", diz a publicitária.

"No nosso caso, essa diferenciação está no cuidado do preparo dos produtos, totalmente artesanais, e no atendimento personalizado e afetivo - que é a nossa característica mais marcante e que está evidente, inclusive, no nome da marca ", completa.

 

Invista no delivery

Uma das prioridades de muitos estabelecimentos comerciais nesta pandemia - especialmente bares e restaurantes - foi o investimento nas entregas por aplicativo.

"Em um primeiro momento, com a queda de vendas no B2B - que era um dos nossos segmentos - e com a obrigatoriedade da permanência das pessoas em casa, vimos a necessidade de implantar rapidamente sistemas de delivery próprio e terceirizado", relembra a sócia-fundadora.

A modalidade, no entanto, se mantém ativa apesar do retorno gradual ao atendimento presencial e é uma excelente opção para abarcar o público que reside em regiões mais distantes.

 

Cuide do espaço físico

Independentemente da utilização do delivery, é essencial investir no espaço físico do seu negócio - se houver; ele pode reservar novas oportunidades se bem explorado, como conta Carla. "Com a dificuldade de operação durante a pandemia, observamos que a loja - que, no momento, tinha uma área pequena para atendimento - tornou-se um ambiente de permanência dos nossos clientes, ou seja, eles vinham buscar pães e ficavam conversando e interagindo. Ficou claro que reformá-la, ampliando o espaço para receber mais pessoas com mais conforto, seria uma solução de continuidade para o negócio."

 

Tenha fôlego financeiro

Por último, a proprietária da padaria artesanal enfatiza ser primordial ter fôlego financeiro para operar a médio prazo sem depender do fluxo de resultado inicial. "Essa medida ajuda a reduzir os riscos de ficar na mão em momentos de dificuldade, como os causados pela pandemia, por exemplo - principalmente no caso de novos negócios", finaliza.

 

CONHEÇA A FRANQUIA IDEAL PARA VOCÊ

  

Encontre a melhor franquia para você: Franquias por segmentos e ramos
Confira mais artigos em: Gurus do Franchising

Encontre a melhor franquia para você

-->