20 dicas para fazer uma vitrine vendedora para sua franquia - Notícias - Portal Sua Franquia - O Portal dos Bons Negócios

20 dicas para fazer uma vitrine vendedora para sua franquia

Enviado em 06/12/2017 às 10:00:00

20 dicas para fazer uma vitrine vendedora para sua franquia: Veja as dicas do Sebrae para fazer uma vitrine visualmente mais harmoniosas e capazes de atrair mais clientes


As vitrines fazem parte da fachada das lojas e são visualizadas de longe pelos clientes. A fachada é algo que as pessoas visualizam de longe e, sendo atraídas, ao se aproximarem, visualizam os detalhes da vitrine. Ou seja, fachada e vitrine devem ser visualmente harmoniosas para atrair os clientes.

Uma vitrine bem montada é capaz de realizar uma das tarefas mais difíceis para quem trabalha no comércio: convencer o consumidor a entrar na loja. Segundo o Sebrae, qualquer comerciante, independentemente do tamanho do seu negócio ou localização, pode montar uma bela vitrine. Para isso, basta usar a criatividade e planejar.

A vitrine é um dos principais estimuladores das compras por impulso e por isso, requer especial atenção, pois, sem dúvida, ela reflete a identidade do estabelecimento. É fato comprovado: uma vitrine adequada pode aumentar as vendas em até 30%.

Veja a seguir 20 dicas do Sebrae para fazer uma vitrine vendedora para sua franquia:

  1. Um dos primeiros passos para projetar uma vitrine vendedora é definir o tema que será abordado e como os produtos serão apresentados. Na sequência, é preciso definir uma ideia central em termos visuais, ou seja, o que será utilizado para chamar a tenção.
  2. É fundamental usar a criatividade e bom senso para desenvolver um tema ou conceito para a vitrine. Por exemplo, se você quer mostrar que uma roupa é confortável ao movimento, não a exponha em cabides numa vitrine.
  3. O cenário precisa ser adaptado ao produto, à data e ao espaço da vitrine, mas nunca deve ser o elemento principal, afinal, os produtos são os elementos que devem sobressair visualmente.
  4. Se a vitrine é muito alta, os elementos a serem expostos podem ser colocados sobre bases para elevá-los e ajudar a preencher o espaço.
  5. Mantenha atenção ao estado de conservação do material utilizado na vitrine como manequins, cartazes, faixas, adereços, bandeirolas, sinalização, demarcadores de espaço e preços, entre outros. Não os utilize se estiverem desbotados ou avariados de alguma forma (amassados, lascados, rasgados, etc.).
  6. É indicado formar uma coleção de elementos a serem utilizados na decoração da vitrine, de forma que possam ser reaproveitados em decorações de vitrines de outras datas e até mesmo, internamente.
  7. Cuide para não deixar pó acumulado sobre os produtos e outros elementos da vitrine, nem sobre a fachada.
  8. Grande ou pequena, uma vitrine precisa ter um ponto focal que direcione o olhar instintivamente de quem a vê a partir da rua ou corredor. Vitrines de maiores dimensões geralmente precisam de mais de um ponto focal.
  9. O ponto focal pode ser definido como logo abaixo do nível do olhar, levemente descentralizado. Varia de vitrine para vitrine e de acordo com a data a ser trabalhada como tema.
  10. A direção do principal fluxo de pessoas que circulam em frente à loja também deve ser observada. Se o sentido mais comum é a aproximação pela direita, os elementos devem ser dispostos direcionados neste sentido e vice-versa.
  11. A área central de uma vitrine é seu ponto mais nobre e deve ser reservada para a mercadoria que você pretende vender mais. Essa mercadoria deve estar em primeiro plano a, aproximadamente, à 1,60 m do chão.
  12. Projete o equilíbrio visual da vitrine. Utilize, por exemplo, os mesmos objetos para criar imagens espelhadas ou objetos diferentes e combinados para criar uma distribuição uniforme de volume visual.
  13. Disponha os elementos da vitrine de forma agrupada, criando um efeito estético. Você pode agrupar os elementos em formato piramidal, agrupar conjuntos de elementos similares, ou expor os produtos em alturas diferenciadas, para dar uma sensação de ritmo e movimento. Procure manter o espaço entre uma mercadoria e outra de, no mínimo, 10 cm.
  14. Escolha um esquema de cores. Os principais estilos são: monocromático - predomina uma cor e são utilizados outros tons e variações próximas; análogo - utiliza-se uma cor dominante e outras correspondentes; contraste - utiliza-se cores opostas.
  15. Valorize os produtos expostos colocando-os sobre uma base elevada. No caso de uma loja de roupas, exponha-as sempre passadas e de preferência montando um conjunto com os acessórios complementares.
  16. A iluminação da vitrine deve ser planejada para destacar aos produtos que devem ter maior atenção do consumidor.
  17. Verifique o efeito da iluminação na vitrine durante o dia e à noite, se for o caso de continuar exposta (lojas de rua, por exemplo).
  18. Analise também o efeito do aquecimento causado pelo calor da luz solar e das lâmpadas utilizadas nos elementos da vitrine, conforme ficar exposta.
  19. Organize todos os preços da vitrine mantendo-os do mesmo lado em todas as mercadorias para neutralizar a sua interferência.
  20. Preço e formas de pagamento visíveis na vitrine atraem clientes.

Fonte: Sebrae


Curta o Sua Franquia no Sua Franquia no Facebook e siga-nos no Sua Franquia no Twitter

Leia mais sobre Especial

13/12/2017 | 10:00:00
Seleção de pessoas: 5 passos para entrevistar funcionários para trabalhar em redes de fra...
12/12/2017 | 09:00:00
Região Sul: confira a trajetória de 8 redes de franquias que nasceram por lá e conquistar...
11/12/2017 | 10:00:00
Verão: conheça ramos de franquia que faturam mais na estação. Marcas do ramo ...
09/12/2017 | 11:00:00
Vendas: redes conquistam clientes ao gerar experiências únicas. Saiba como redes de franquia...
08/12/2017 | 09:00:00
YouTube: redes de franquias apostam na plataforma para se aproximarem dos consumidores. Conheça os...
FOM

As + lidas em Notícias

24 horas 7 dias 30 dias
Clube Turismo
Copyright © 2016 SuaFranquia. Todos os direitos reservados.