Conflitos franqueado e franqueador: como evitar que ocorram? - Notícias - Portal Sua Franquia - O Portal dos Bons Negócios

Conflitos franqueado e franqueador: como evitar que ocorram?

Enviado em 11/10/2017 às 10:00:00

Conflitos franqueado e franqueador: como evitar que ocorram? Conheça as medidas preventivas de redes de franquias como Portaria Monitorada, Ginástica do Cérebro e Yes Idiomas


Eventuais conflitos entre franqueador e franqueado podem ocorrer em franqueados e franqueadores, bem como em qualquer outra relação de negócios. Em geral, conflitos surgem quando há ruídos em processos de comunicação, falhas em treinamentos ou descumprimento de algo que está no contrato firmado entre as partes. Para evitar que aconteçam ou sejam menos frequentes, as redes de franquias tomam medidas preventivas e aprimoram seus processos à medida que desentendimentos ocorrem.

Conheça a seguir a opinião e estratégia de algumas redes de franquias para minimizar conflitos:

 

Portaria Monitorada

Segundo Wander Paiva, sócio diretor da Portaria Monitorada, por se tratar de uma relação de negócios, é necessário er total transparência do que está adquirindo. O Franqueador deixa em termos claros as responsabilidades das partes o que diminui aspectos que poderiam ocasionar estes conflitos.

“Divergências nas opiniões a respeito de comercialização, do produto, atuação da concorrência estão entre os conflitos mais comuns. Os franqueados quando mal orientados e por falta de regras claras, acabam atuando de forma independente geralmente não aderindo aos padrões exigidos pela Franquia”, aponta Paiva.

Para dirimir dúvidas, sugestões e estratégias a respeito do negócio a marca faz follow ups semanais com seus franqueados e, assim, mantemos uma boa proximidade”, aponta.

 

Ginástica do Cérebro

“Temos hoje uma pessoa no departamento operacional só para atendimentos aos franqueados e busca de soluções. Normalmente o franqueado que está recebendo contatos desse profissional passando ações de marketing e sugestões que ajudam a captação de novos alunos”, declara Nadia Benitez, sócia diretora da Ginástica do Cérebro, com o objetivo de fortalecer a comunicação de rede.

Já para alinhar expectativas, Benitez, diz que a rede adota um processo bem intenso, pois cada pessoa tem uma forma de lidar com as expectativas, mas especialmente é preciso esclarecer bem o que será parte da franqueadora nesse percurso.

A rede já teve unidades com conflitos, normalmente quando ocorre baixa produtividade e há dificuldade de fazer o negócio funcionar. “As pessoas acham que franquias são fórmulas mágicas de fazer dinheiro, e acham que porque compraram uma franquia não vão precisar trabalhar e o dinheiro chegará fácil. Quem compra uma microfranquia deve ter ciência que são redes jovens que dão oportunidades aos bons empreendedores de garantirem uma boa posição num futuro próximo. Já houveram conflitos e saída de franqueados da rede, mas negociamos e tudo deu certo”, aponta.

A rede está criando novas estratégias para amenizar os equívocos e fazer com que o candidato ingresse na rede mais consciente do processo que irá encarrar.

 

Yes Idiomas

Na rede Yes idiomas, além dos canais diretos e imediatos de comunicação como telefone e –mail, a marca tem um Portal onde os franqueados colocam suas solicitações e são respondidos rapidamente. Além de terem um Comitê de Franqueados, a franqueadora diz ser aberta às sugestões.

“Todos esses canais de comunicação minimizam bastante a incidência de conflitos. Quando eles acontecem, optamos sempre pela conversa franca e transparente. Grande parte dos nossos gestores são capacitados em técnicas de negociação”

 

Premiapão

Quando conflitos acontecem, a PremiaPão busca lidar da melhor forma possível com a situação, priorizando, em primeiro lugar, resolver a situação na base da conversa. “Normalmente, não costumamos ter conflitos, mas, quando isso ocorre, tentamos resolver de forma amigável e racional, buscando atender os dois lados da melhor forma, para que nenhuma das partes seja prejudicada e que ambos os lados consigam o resultado que estavam esperando”, explica Raphael Mattos, CEO PremiaPão Franchising.

Os assuntos que podem gerar maior conflito são as normas e funcionamento da franquia. “Mesmo com todo o treinamento, acesso ao suporte, à Universidade Corporativa, aos vídeos e ao acompanhando, ainda assim pode acontecer falha de comunicação ou falta de conhecimento do franqueado, eventualmente pode acontecer algum conflito, mas quando acontece, normalmente é pela questão das normas e todo o funcionamento geral da franquia”, conta o diretor que completa dizendo

 

Bidon

Quando acontecem conflitos entre franqueado e franqueador, a franqueadora Bidon tem como prática sempre buscar lidar com os conflitos com foco na solução. “Sempre buscamos conflitos e não a potencialização do problema. Pois como lidamos com os bens das pessoas o importante sempre é deixar o Franqueado e seus segurados em uma zona de conforto. A supervisão e direção sempre são atuantes nesses casos, quando precisamos ligar e conversar com o nosso franqueado buscando a solução mais rápida e cabível ao caso”, explica Henrique Mol, diretor executivo da Bidon.

Os maiores conflitos estão bem minimizados, visto que a rede busca adequação as necessidades dos Franqueado. Algumas vezes em tratativas de seguros que cancelam por falta de pagamento, a busca é focar logo na solução, no caso emitir novas propostas para o segurado ter cobertura e buscando descontos junto a Companhias de Seguros.

 

Grupo CSL – Carro e Sofá Limpo

“Às vezes temos algumas resistências com relação a mudanças, mas se a base da relação é de respeito e confiança tudo se resolve. A nossa relação entra a franquia e os franqueados é de muita proximidade e isso quebra muitas barreiras e evita muitos atritos e conflitos, pois fazemos uma gestão baseada em valores”, relata Tarcísio Marchiorato, criador da franquia.

Além da proximidade com seus franqueados, a Carro e Sofá Limpo preza pelo respeito e incentivo de parceria entre todos os franqueados, proporcionando um ambiente de troca e a amizade, onde tudo é muito transparente. “Quando esse jogo é combinado a gente evita desconfortos mais a frente. É fato também que toda mudança gera desconforto. Essas alterações muitas vezes tiram as pessoas da zona de conforto, mas é também uma constante busca de inovação  para o benefício para todos”, diz Marchiorato. No fim, ele aponta que os franqueados aprendem a lidar com as mudanças e vem o resultado como positivo.


Curta o Sua Franquia no Sua Franquia no Facebook e siga-nos no Sua Franquia no Twitter

Leia mais sobre Especial

19/10/2017 | 09:00:00
Millenials: saiba como as redes de franquias estão se adaptando aos empreendedores desta geraç&a...
17/10/2017 | 12:00:00
Empresas de pequeno porte são responsáveis pela renda de 70% dos brasileiros ocupados no setor p...
15/10/2017 | 13:00:00
ABF Rio realiza o curso Entendendo Franchising: Uma oportunidade para conhecer o gerenciamento e administ...
14/10/2017 | 11:00:00
Grupo Oportunidade projeta abertura de dez franquias no Rio de Janeiro: Holding de franquias marcou prese...
14/10/2017 | 10:00:00
Pretende apostar alto em uma franquia e ter mais lucro? Conheça investimentos a partir de R$ 120 mil.&n...
FOM

As + lidas em Notícias

24 horas 7 dias 30 dias
Dr. Shape
Copyright © 2016 SuaFranquia. Todos os direitos reservados.