Era digital? Jogos de tabuleiro estão em alta e negócios avançam

No Rio Grande do Sul, jovem empreendedor lançou tabuleiria que já está até expandindo para outros estados brasileiros por meio de franquias

Em uma época em que parece imperar a diversão por meio da tecnologia, com a chegada de realidade virtual, realidade aumentada, videogames hiper-realistas e outros tantos aparatos inovadores, novos negócios estão focando no analógico, em especial na interação entre as pessoas por meio de jogos de tabuleiros. É o caso da Lends Club, que nasceu em Porto Alegre (RS) e já está abrindo unidades em outros estados, reforçando o argumento de que o momento é favorável ao segmento.

De acordo com dados do site Boardgames Geek, em 2018 foram lançados mais de 5 mil jogos de tabuleiro originais em todo o mundo. Ainda segundo a publicação, 313 deles ganharam versões brasileiras - um crescimento de 60% em relação a 2017. Para se ter uma ideia da força, existe até uma premiação internacional que contempla os melhores jogos, uma espécie de “Oscar dos jogos de tabuleiro e de cartas”, o Spiel des Jahres, que existe desde 1978 e foi criado na Alemanha.

Na Lends Club, considerada a primeira rede de tabuleirias do Brasil, e que pretende se tornar o maior Board Games Café do mundo ainda em 2019, são mais de 350 títulos de jogos disponíveis aos clientes, que podem optar por pagar de forma avulsa ou por mensalidade, que possibilita jogar de forma ilimitada. Há todos os jogos mais conhecidos da grande massa, como os tradicionais Uno, Jogo da Vida, Detetive, Banco Imobiliário, Imagem & Ação, War, entre outros. Mas há também jogos mais específicos e que têm público fiel, como Catan, Carcassonne, Ticket to Ride, Dixit, Zombicide, Pandemic etc.

Lançada em 2013, a marca fechou 2018 com um faturamento de aproximadamente 350 mil reais, tendo duas unidades em operação no RS. Para este ano, segundo o diretor e fundador, Wyllian Hossein, a expectativa é aumentar para mais de 600 mil reais. A rede tem previstas as aberturas de duas novas lojas até abril, em Curitiba (PR) e em Recife (PE). A intenção é estar presente em todas as capitais e em municípios com mais de 200 mil habitantes e com grande potencial de público universitário.

Hossein qualifica seu negócio de forma irreverente. “Somos uma espécie de Netflix de jogos de tabuleiro, que trabalha no modelo SmartFit, proporcionando ao cliente acesso a todas as lojas da rede sem custo adicional, e que está se estruturando para se tornar um ambiente temático como um Hard Rock Café”, explica.

Além de funcionar como espaço para entretenimento por meio de jogos de tabuleiro, o conceito também está ancorado em oferecer uma opção de bar e café temático aos frequentadores, incluindo drinks exclusivos e inspirados em jogos. A empresa também tem investido de forma significativa em inovação, modelos de negócio, metodologias próprias de ensino dos jogos disponíveis, além de organização de eventos e geração de novas experiências ao cliente. Onde as unidades já operam, viraram já tradicionais os eventos Madrugadão, em que os participantes “viram” a noite jogando e, como não poderia ser diferente, se fartando com pizzas diversas.

Planos de crescimento

Para concretizar o objetivo de tornar-se referência em todo o Brasil, a Lends Club está em busca de novos franqueados. Para o primeiro semestre, a marca traçou planos que focam na região Sudeste, especialmente nas capitais São Paulo, Rio de Janeiro e Belo Horizonte.

Para o mundo corporativo

Um novo nicho tem ganhado importância aos olhos da Lends Club e de fabricantes de jogos: o universo corporativo. Tanto que a marca lançou um modelo de franquia em que o franqueado foca exclusivamente na venda de jogos formatados exclusivamente a empresas, que podem usá-los como estratégias de gestão junto a colaboradores.

Confira algumas oportunidades: Franquias por Segmentos e Ramos

Saiba mais: Como abrir uma franquia 

Fonte: Assessoria - www.suafranquia.com

Encontre a melhor franquia para você