Multifranqueado

Sucesso encoraja empreendedor a partir para o 2º negócio

Multifranqueado

Multifranqueado: sucesso encoraja empreendedor a partir para o 2º negócio


No mundo do empreendedorismo, todos querem ser assertivos na hora de escolher o próprio negócio. Há empreendedores que não se acomodam quando conseguem sucesso já com o primeiro negócio. Muito pelo contrário. É aí que desperta a vontade de expandir ainda mais e buscar por novos desafios.  Foi esse cenário que fez Acy Pedroso, 34, franqueado da rede inFlux, reconhecida nacionalmente por garantir o domínio do inglês em dois anos e meio, partir, após 3 anos, para a 2º unidade da mesma bandeira e tornar-se um multifranqueado.  

 Segundo a ABF – Associação Brasileira de Franchising – quase 70% dos franqueados operam lojas de mais de uma marca. Desses, 23% possuem unidades da mesma bandeira. A tendência é que esta prática cresça no país e se aproxime de níveis internacionais. Nos EUA quase 100% das redes de franquias possuem multifranqueados. Desses, 55% são franqueados com unidades da mesma bandeira.  No Brasil a modalidade dá sinais de crescimento. Em 2017 o setor de franchising registrou 74,5% franqueados com mais de uma loja, contra 68,5% do ano anterior.

O que leva um franqueado a buscar unidades da mesma bandeira?  

Com duas unidades inFlux, ambas em Joinville, o franqueado Acy Pedroso revela que o sucesso do primeiro negócio e o apoio da rede franqueadora foram os critérios que o motivou a partir para a 2º franquia. Para Acy, o fato das duas unidades serem da mesma bandeira, acaba gerando benefícios, como economia em grande escala e conhecimento de mercado. “Como duplicamos o investimento, ganhamos poder nas negociações e, às vezes, conseguimos fazer coisas que não seriam possíveis com uma única unidade”, pondera Pedroso.

Entretanto, os quesitos tempo e confiança precisaram ser trabalhados, já que as tarefas são dobradas e o acompanhamento presencial é essencial para o sucesso de qualquer negócio. A solução para o empreendedor foi explorar mais a internet e fazer um gerenciamento de tempo e funções, junto com a sócia, Verônica Paixão, para dar a atenção devida à 2º unidade, sem deixar a primeira de lado. Com isso foi necessário envolver mais os colaboradores, ou seja, aproximá-los de questões gerenciais.  “Com o tempo eles aprendem a pensar como você e aí fica mais fácil delegar o que mais toma tempo, deixando a cabeça livre para pensar em problemas, soluções e ideias realmente grandes, que é nosso papel na empresa”, ressalta o franqueado.

Outro ponto positivo é a capacidade intelectual que se adquire no negócio quando se tem mais de uma unidade. Esse Know How acaba sendo positivo para toda a rede, pois a experiência é compartilhada e analisada em conjunto com a franqueadora.  Uma percepção importante é estar ciente de que o mesmo negócio pode demandar entregas diferentes. “Apesar de ser o mesmo ramo, há grandes chances de ter um público distinto que precisa e cobra coisas diferentes. Nesse momento é importantíssimo observar isto e transformar-se em camaleão para se adaptar aos diferentes cenários”, pondera Pedroso, que estima ter novas unidade da rede, porém, mais para frente, pelo foco agora ser a excelência das aulas ministradas.  

Para quem está pensando em partir para a 2º franquia, Pedroso adverte “dê o 2º passo apenas se o 1º estiver 100% em suas mãos, sem custos e variações; e se tiver alguma dúvida, recue”. Observar o apoio da franqueadora e a movimentação em inovação, são pontos cruciais para a escolha da marca. Optar por franquias da mesma bandeira também é considerado uma estratégia assertiva para o franqueado, por se ter um poder maior.

Encontre a melhor franquia para você