Nutty Bavarian lança modelo de franquia solidária

Enviado em 04, Jan, 2018 às 11:00:00

Nutty Bavarian lança modelo de franquia solidária: Com o auxílio do Instituto de Reintegração do Refugiado (Adus), rede desenvolveu formato de negócio que pretende atender refugiados


Com mais de 130 quiosques em shoppings, aeroportos, estações de metrô e terminais rodoviários pelo Brasil, a rede pioneira e especializada em grãos torrados e glaceados, Nutty Bavarian, com o auxílio do Instituto de Reintegração do Refugiado (Adus),  desenvolveu em caráter social um formato de negócio que pretende atender uma parcela da população refugiada que vive em território nacional. "O projeto com a Nutty Bavarian vai ao encontro da missão do Adus, que é a de promover a reintegração das pessoas em situação de refúgio no nosso país. Estamos muito felizes com a parceria", destaca Marcelo Haydu, diretor geral do Adus.

No ano de 2016, cerca de 65,6 milhões de pessoas foram forçadas a deixar seus países, por diferentes tipos de conflitos, segundo dados da Agência para Refugiados da ONU e o Brasil registrou 9.552 imigrantes nessas condições, de 82 diferentes nacionalidades, como aponta o balanço feito pelo Ministério da Justiça. 

O projeto visa que estas pessoas entrem para o time de franqueados da Nutty Bavarian como operadores dos quiosques. “Nesta versão conseguimos negociações de aluguéis em pontos comerciais aderentes ao custo de ocupação deste modelo de operação, preços mais baixos com os fornecedores de matéria-prima e sistema, e vamos subsidiar a taxa de franquia, já com o quiosque e a panela. É uma oportunidade deles começarem algo com suporte e acompanhamento, o que é um benefício enorme pra quem vem de outro país, sem falar direito a língua, sem conhecer as regras do Brasil, sem o network tão necessário pra se ter um negócio próprio”, explica a diretora da marca, Adriana Auriemo.

Estes franqueados receberão treinamento igual ao de todos os integrantes da rede, mas precisarão trabalhar em tempo integral no ponto de venda. O primeiro quiosque nesses moldes foi inaugurado em novembro na Galeria Comercial do Extra Hiper Ricardo Jafet (Av. Doutor Ricardo Jafet, 1.359 em São Paulo) do GPA que adequou a locação ao caráter social deste projeto.   

Sobre a Nutty Bavarian

A Nutty Bavarian é pioneira e especializada em amendoins, castanhas, nozes, amêndoas, macadâmias e outros grãos glaceados, sem fritura. No Brasil desde 1996, a marca atua com franquias de quiosques de baixo investimento. Atualmente, a rede conta com mais de 130 quiosques e agora expandindo para os Estados Unidos, com seis unidades. Presente em shoppings, aeroportos, terminais rodoviários, estações de metrô e universidades, a Nutty Bavarian é uma das melhores marcas para quem quer realizar o sonho de ter um negócio próprio e dentro do segmento de franquias.

 Sobre o Instituto Adus

Fundado em 2010, o Adus, Instituto de Reintegração do Refugiado, já auxiliou mais de 5 mil pessoas em situação de refúgio a reconstruírem suas vidas no Brasil. O Instituto oferece aulas de português, cursos de qualificação profissional, apoio psicológico, inclusão no mercado de trabalho, workshops de gastronomia, entre outros projetos. Em 2016, a entidade criou uma escola de idiomas, o Mente Aberta, que oferece cursos de inglês, francês e árabe, ministrados por professores refugiados, falantes nativos das línguas. O Adus conta com quatro fontes de captação: programa Amigo Adus (colaboração de pessoas físicas); financiamento de projetos por empresas, parceiros e instituições; o Pólen (plataforma que ajuda ONGs por meio de e-commerce) e os bazares multiculturais, onde os refugiados vendem artesanatos e pratos típicos de seus países.

Compartilhar: