Depois de conquistar o Brasil, Yogoberry planeja expansão no Oriente Médio

Enviado em 10, Ago, 2017 às 12:00:00

Depois de conquistar o Brasil, Yogoberry planeja expansão no Oriente Médio

Depois de conquistar o Brasil, Yogoberry planeja expansão no Oriente Médio: Depois da febre chegar ao Irã, onde a rede já possui cinco unidades, agora é a vez do resto do mundo conhecer o produto


A Yogoberry conquistou os brasileiros há 10 anos, quando chegou à zona sul carioca e ofereceu uma opção de sobremesa saudável aos clientes. Depois da febre chegar ao Irã, onde a rede já possui cinco unidades, agora é a vez do resto do mundo conhecer o produto que conquistou tantos brasileiros.

A empresa preparou um plano de expansão que tem como foco os países do Oriente Médio, como o Irã, por conta da alta receptividade do produto. A marca está focando no processo de crescimento internacional e espera inaugurar duas unidades nos próximos semestres.

Hoje, a Yogoberry permanece firme no setor e conta com 32 unidades, no Brasil e no Irã. Recentemente, a rede implantou o formato quiosque para incrementar seu projeto de expansão e aposta sazonalmente em sabores diferenciados para atrair os clientes com novidades no mix de produtos. 

Sobre a Yogoberry

A rede nasceu de uma necessidade de se reinventar, em 2007, e começou a franquear no ano seguinte. A empresária sul-coreana Un Ae Hong, que chegou ao Brasil ainda criança, é ex-comissária da Varig e em 2006, com o fim da companhia aérea, precisou encontrar alternativas de trabalho.

O frozen yogurt já era febre na Califórnia (EUA) e por achar que o clima da cidade e estilo de vida carioca combinavam perfeitamente com a proposta do negócio, ela decidiu trazer a novidade para o Rio de Janeiro, abrindo a primeira unidade em Ipanema, na zona sul do Rio de Janeiro. 

Durante quase dois anos, Un Ae percorreu diversos fornecedores para encontrar os melhores equipamentos e matérias-primas que possibilitassem uma receita de menor valor calórico do que os tradicionais sorvetes, com sabor realmente diferenciado e com receita única no Brasil.

Compartilhar: