Rede Giraffas tem retomada de crescimento e planeja primeiro bilhão em 2023

Com faturamento 31,5% acima de 2021, a maior rede de refeições completas do país retoma lucro com vendas e prevê investimento de 62M para o ano que vem

Rede Giraffas tem retomada de crescimento e planeja primeiro bilhão em 2023

Foram anos desafiadores para todos, e a rede Giraffas precisou se reinventar, aumentando a eficiência operacional, revendo a sua comunicação e otimizando a sua linha de refeições para retomar uma rota de crescimento. Agora, em novembro, anunciou a abertura de 1.500 vagas de emprego em todo o Brasil, com a previsão de atingir o maior faturamento da história, com R$800 milhões em 2022, um crescimento superior a 30% em relação a 2021.
 

Em 2023 a empresa aposta ainda mais alto: faturar seu primeiro bilhão de reais. Para crescer 25% o Giraffas pretende investir em imagem e inovação, em preços competitivos e na expansão da rede. “Temos grandes planos para 2023 e para isso vamos aumentar nossos investimentos, serão R$62 milhões, sendo 26 milhões em marketing, 30 milhões em expansão com 40 novas unidades, além de 4 milhões na modernização dos restaurantes e 2 milhões em tecnologia e treinamento”, afirma Carlos Guerra, CEO do Giraffas.
 

Em abril deste ano a marca lançou um modelo de negócio 100% digital, o Saffari, desenvolvido para atender o nicho de marmitas, e que foi bem aceito pelos consumidores e pelos franqueados da rede, devendo encerrar o ano com 125 unidades operando o Saffari. A empresa ainda celebra outras realizações, como a indicação do ranking IBEVAR de "melhor empresa segundo os colaboradores", maior faturamento nominal da história, aumento de eficiência operacional com economia de 3% em despesas gerais e administrativas, novas parcerias com grandes marcas e desenvolvimento de novos produtos, deixando o cardápio Giraffas ainda mais variado e versátil.

 

Encontre a melhor franquia para você