Torteria Haguanaboka

A história da Torteria Haguanaboka teve início em 1990 quando Valéria Verdi, diretora e fundadora da marca, resolveu transformar o hobby de família em negócio. "Como sempre gostei de cozinhar para os familiares, recebia muitos pedidos de pessoas próximas interessadas nas minhas receitas, em provar minhas tortas", afirma.

 De lá para cá, a empresária coleciona clientes assíduos e ainda se preocupa em oferecer os mesmos produtos caseiros, sem conservantes, corantes ou aditivos químicos, da época em que deu início ao seu negócio. "Nossos produtos são feitos exatamente como os preparados na cozinha do lar, mantendo assim o seu sabor inigualável", enfatiza a empresária.

Pensando em deixar um legado de toda essa história de sucesso para o mercado, foi que surgiu a intensão de expandir por meio de franquias. De acordo com Valéria um dos principais fatores que podem pesar a favor das franquias, na decisão de quem quer empreender, é a segurança oferecida por marcas que, assim como a Torteria Haguanaboka, oferecem suporte ao negócio e uma marca já consolidada.

 "O nosso franqueado tem todo suporte necessário para o novo empreendimento, como análises financeiras, manuais e procedimentos operacionais, treinamento, supervisão periódica da rede e auxilio do ponto comercial, entre outros", afirma.

 A Torteria busca franqueados que se identifiquem com o setor alimentício e que gostem de trabalhar com o público. É desejável que o franqueado tenha experiência em gestão e tenha disponibilidade para operação diária do negócio.

Confira algumas oportunidades: Franquias por Segmentos e Ramos

Saiba mais: Como abrir uma franquia 

Compartilhar:

Leia Mais Histórias do Franchising