Stuppendo

A Stuppendo, com 22 anos de atuação no mercado de gelatos, tem suas raízes na Itália. Inaugurada em 1996 por Leila Pega e Edu Guedes, a marca decidiu entrar para o mercado de franchising somente em 2014, com a importante contribuição de Leonardo Guedes, que hoje é responsável pelo plano de expansão da marca.

O modelo de negócio da rede requer um investimento total a partir de R$600 mil e contempla um espaço físico de cerca de 100m², com ampla cozinha para a produção do produto artesanal. As unidades projetam um retorno de investimento de 30 a 36 meses e podem ser instaladas em área de comércio de rua, além de shoppings e centros comerciais, ampliando a clientela atendida. Por serem fixas, a escolha do ponto é de extrema importância para o sucesso do negócio, pois a mudança de lugar implica sempre em mais investimento.

A primeira loja franqueada da Stuppendo está localizada na zona oeste de São Paulo, no bairro da Vila Leopoldina e foi inaugurada há quatro anos, seguindo os padrões da matriz em Moema (SP). No final de outubro deste ano foi aberta a segunda franquia, dessa vez em Campo Grande no estado de Mato Grosso do Sul. 

Diferenciais

“O mercado do gelato artesanal, diferentemente do gelato industrial, vem apresentando um crescimento muito grande”, afirma Leonardo. “Em vista disso, focamos toda nossa experiência para expansão no modelo de franquias. Vamos fechar 2018 com duas franquias, além da loja própria em Moema (SP) e para 2019 projetamos a abertura de mais duas operações franqueadas”, complementa o executivo.

O DNA da marca tem como base ingredientes fit e na sua maioria orgânicos de acordo com o estilo de vida dos seus fundadores. “Na produção dos sorvetes são utilizados somente frutas in natura e açúcar orgânico, além de outros ingredientes selecionados de diversas partes do mundo. É possível encontrar mais de seiscentos sabores, que são revezados de acordo com a época do ano. Opções para todos os gostos, inclusive para aqueles com restrições de açúcar, derivados do leite ou glúten”, explica Leila Pega, uma das fundadoras da marca.

O plano de expansão da marca contempla todo o território brasileiro, América do Sul e Estados Unidos (cidades de no mínimo 300mil habitantes), com foco nas classes A, B e C.

Compartilhar:

Leia Mais Histórias do Franchising