Franquias de Vistoria Veicular

Franquias do Ramo de Vistoria Veicular valem a pena?

Investir em uma franquia do ramo vistoria veicular é investir em um negócio que oferece uma necessidade para o cliente. E neste caso, há uma fatia grande de clientes a ser atendida com essa necessidade específica, uma vez que a frota brasileira de veículos avançou 1,2% em 2017, passando a 43,4 milhões de veículos circulantes em todo o país.

Nem todos os proprietários de veículos sabem, mas, segundo o Código de Trânsito Brasileiro - CTB, o proprietário de veículo automotor deve fazer uma vistoria veicular no carro para que possa circular legalmente. Isso se dá como forma de evitar que veículos fora das normas e especificações de fábrica, tal como alguns carros sem condições de uso, continuem trafegando pelas cidades como se estivessem legalizados. Tal fato, justifica a existência das Empresas Credenciadas de Vistoria - ECV's.

Acompanhando o crescimento da frota brasileira e da produção de carros que subiu 14,6% no 1º trimestre de 2018, na comparação com o mesmo período do ano passado de acordo com a associação das montadoras, a Anfavea, que ainda acredita que as vendas de carros novos devem crescer 15% no país neste ano.

Com novos modelos rodando nas ruas e estradas brasileiras, as redes que oferecem serviços para automóveis têm a oportunidade de conquistar novos clientes e aumentar o faturamento.