Franquias de Serviços de segurança

Serviços de Segurança investem em tecnologia e monitoramento eletrônico é um dos principais nichos

Os nichos de atuação são muitos e vão desde serviço de segurança pessoal até instalação de alarmes e sistemas de monitoramento 24 horas

Os números de assaltos a residências e estabelecimentos comerciais não são baixos no Brasil. Somente em São Paulo, mais de 10 mil casas são roubadas por ano conforme dados da Secretaria da Segurança Pública. Assim, oferecer segurança para as pessoas é trabalhar com um serviço de alta demanda, uma necessidade. As redes de franquias que atuam no ramo Serviços e Segurança possuem grande número de clientes e tem como desafio criar e oferecer sempre produtos e serviços inovadores. Nisso, as redes de monitoramento eletrônico se destacam e formam um bloco consolidado dentro do ramo.

Os resultados do franchising brasileiro como um todo que mantém sua trajetória de recuperação gradual frente a um cenário com demanda irregular e incertezas no campo político. No primeiro trimestre deste ano, a receita do setor registrou um crescimento nominal de 5,1% em relação ao mesmo período de 2017. O faturamento passou de R$36,890 bilhões para R$ 38,762 bilhões. Considerando-se os últimos 12 meses, o crescimento foi de 7% (variação de R$ 154,426 bilhões para R$ 165,190 bilhões). É o que revela a Pesquisa Trimestral de Desempenho do setor realizada pela ABF – Associação Brasileira de Franchising.

Para quem está em busca de uma franquia, o momento para investir pode ser este, pois  conforme o último balanço trimestral divulgado pela Associação Brasileira de Franchising - ABF, o  segundo melhor desempenho entre os setores ficou com o segmento de Serviços e Outros Negócios - onde o ramo Serviço Contábeis está inserido - , que cresceu 9,3% em relação ao mesmo período em 2017.

As melhores franquias do ramo de Serviços de Segurança

Uma das redes que estão em expansão e em busca de novos franqueados é a SuperSeg Brasil. Fundada em 2016, faz parte de um grupo de empresas que existe desde 2010 e é especializada em segurança eletrônica. A franquia já está presente em sete pontos diferentes em cidades do interior de São Paulo e um no bairro da Saúde, na capital.

A rede está no setor de franquias desde 2016 e faturou R$ 12 milhões no ano passado. O plano de expansão está focado nas regiões sul e sudeste do Brasil e tem meta de fechar este ano com 30 lojas de rua abertas. O investimento inicial varia R$ 80 mil a 140 mil.

Já a GraalSeg atua na área de Segurança do Trabalho Meio Ambiente e Treinamentos e criou a GraalSeg Franquias. A rede oferece para empresas serviços de consultoria e assessoria em segurança, além de serviços de normas, laudos, cursos, treinamentos e medicina do trabalho. A rede está em busca de novos franqueados para atuar em todo o país e tem investimento inicial que varia entre R$50 mil e R$85 mil. O faturamento médio mensal fica na casa dos R$30 mil.

Também do ramo de vigilância eletrônica, o mais visado neste momento, a Vigia Online loca equipamentos de monitoramento e controle de dados a preços competitivos, levando qualidade e excelência a um baixo custo. O investimento é de apenas R$ 35 mil. E você irá lucrar 100% da taxa de instalação e 43% da recorrência do lucro bruto.

Franquias do ramo de Alimentação com baixo custo

Ao contrário do que pode parecer em um primeiro momento, redes desse ramo não tem investimento muito alto e é possível encontrar opções dentro do que popularmente se chama de franquias baratas. Os nichos de atuação são muitos e vão desde de serviço de segurança pessoal até instalação de alarmes e sistemas de monitoramento 24 horas.