Franquias de Gás

Franquias de gás valem a pena?

De acordo com o Sebrae, o Brasil possui atualmente 42 milhões de lares que demandam de botijões de gás, enquanto existem 21 distribuidoras e 48 mil revendedores por todo o território nacional para atender a troca de mais de 100 milhões de botijões. 

Com um cenário propício, já que o botijão de gás é indispensável na maioria dos lares, o faturamento do segmento de negócios e outros serviços, no qual o ramo está inserido, registrou um aumento de 9,2% no faturamento saltando de R$ 20,998 bilhões em 2016 para R$ 22,921 bilhões em 2017, segundo balanço da Associação Brasileira de Franchising (ABF). 

Melhores franquias de gás

A demanda por delivery de gás é alta e diversas redes do ramo possuem modelos franquias como a Consigaz, Copagaz, Supergasbras, Ultragaz e a Liquigaz.

Franquias de gás de baixo custo

A franquia deste ramo necessita de atenção redobrada para o estoque e transporte do botijão de gás, além de diversos cuidados com as leis do município, o que faz com que o investimento não seja tão baixo. A Consigaz possui o menor valor do mercado, o modelo de franquia conta investimento inicial de R$ 81 mil para futuros franqueados.

Perfil do franqueado de franquias de gás

O franqueado além de se identificar com o ramo, precisa de agilidade e aptidão para gestão e administração financeira. Por ser um ramo que lida direto com o atendimento ao público, um bom atendimento faz com que fidelize seus clientes.

Ver Mais

Escolha a faixa de investimento