Franquias de Culinária

Franquias do ramo de Culinária valem a pena?

Redes de franquias focados na capacitação de pessoas interessadas em cursos de culinária e gastronomia tem oferecido boas oportunidades de negócios para empreendedores. Entre os impulsionadores do ramo também está a busca cada vez maior das pessoas por crescimento profissional e oportunidades de trabalho.

O ramo de culinária é formado por escolas que oferecem cursos voltados tanto para quem busca a praticidade de ter habilidades para cozinhar no dia a dia como quem deseja se dedicar à arte da gastronomia, seja profissionalmente ou mesmo apenas como um hobby.

As melhores franquias do ramo de Culinária

O ramo de culinária é relativamente novo no setor franquias e possui poucas marcas franqueadoras. Uma das melhores franquias do ramo para investir possivelmente seja a IGA - Instituto Gastronômico das Américas, uma marca internacional de escolas de gastronomia com atuação em 7 países.

A empresa, criada na Argentina, está no Brasil desde 2008 e atualmente possui cerca de 39 unidades. Possui também presença no Paraguai, Uruguai, Bolívia, Panamá e EUA superando 100 unidades franqueadas. As escolas IGA oferecem cursos livres e profissionalizantes de gastronomia e de culinária para crianças, jovens e adultos. O investimento para abrir uma escola é a partir de R$ 300 mil com taxa de franquia inclusa.

Franquias do ramo de Culinária com baixo custo

Por ser um ramo que requer equipes de profissionais especializados em gastronomia e espaços grandes para salas de aula, o ramo de culinária não oferecem modelos de negócios de baixo custo. Em geral, os modelos para novos franqueados custam a partir de R$250 mil de investimento inicial.

Perfil do franqueado do ramo de Culinária

Sem dúvidas, para operar uma unidade franqueada do ramo de culinário o perfil de franqueado naturalmente é de empreendedores apaixonados pela gastronomia em geral.

Dificilmente alguém que não aprecia passar horas em frente de utensílios de cozinha irá se interessar pelo ramo. Porém, não é apenas esse o requisito recomendado para empreender na área de culinária. É importante ter habilidades para lidar com os clientes e conhecimento em marketing para estar sempre inovando nos cursos oferecidos.