Competência e Franchising - Artigos - Portal Sua Franquia - O Portal dos Bons Negócios

Competência e Franchising

Enviado em 20/06/2017 às 12:00:00

Competência e Franchising: Trazendo essa definição para o Franchising entendemos que a soma das partes constrói a Competência, a marca e resultados que serão disseminados por toda a rede


Ao longo de nossa experiência no setor de franquia, buscamos sempre deixar alinhado e claro os papéis de franqueado e franqueador, bem como a forma com que juntos iríamos desenvolver a marca, construir resultados e gerar valor para o negócio.

Algo que nos chamou atenção foi a questão da Competência. Certa vez, ainda no início de carreira e buscando esclarecer pontos e temas, busquei a definição de Competência. O dicionário (sim, dicionário) não ajudou muito: Competência é o ato de ser competente. Ok... Competente?

Evoluindo nas pesquisas chegamos ao CHA da Competência, ou seja, conjunto que define Conhecimento, Habilidades e Atitudes. Pouco depois, encontramos mais duas letras ficando CHAVE, somando Valores e Entorno.

Trazendo essa definição para o Franchising entendemos que a soma das partes constrói a Competência, a marca e resultados que serão disseminados por toda a rede. Assim, tratando de Conhecimento, o saber, a franqueadora é detentora das melhores práticas e métodos que serão difundidos na rede, via treinamentos ou qualquer outra forma de desenvolvimento. O franqueado também contribui com o Conhecimento toda vez que é autorizado a seguir alguma iniciativa em novas práticas ou técnicas, monitoradas pelo franqueador, que depois serão compartilhadas.

As Habilidades se relacionam ao “saber fazer”, também em papéis conjuntos. A franqueadora detém o “saber fazer”, tendo em vista que o próprio sistema se baseia no fato de replicar boas práticas, a fim de atingir resultados. A franqueadora desenvolve o “saber fazer” aplicando o conhecimento adquirido no modelo de negócio, por meio de suas unidades piloto ou próprias que, ao longo do desenvolvimento da marca, somam-se ao “saber fazer” (até melhor, diferente) dos franqueados.

Os Valores compõem o conjunto de princípios direcionadores que devem ser compartilhados entre franqueador e franqueado. A marca possui seus valores e é imprescindível que o franqueado tenha ligação com eles, para que possa cumprir o propósito da marca.

Quanto ao Entorno, falamos da soma das partes. Como diz o ditado: uma andorinha só não faz verão. O Entorno basicamente se relaciona ao fato de que cada uma das partes precisa fazer sua parte, seja o franqueador, seja cada um dos franqueados. Quando cada um entrega sua parte, quando o consumidor vê o valor da marca se concretizar na entrega do produto ou serviço, todo Entorno ganha e soma ainda mais Competência à marca.

Deixamos a Atitude para o final exatamente pelo fato de que sem ela, sem ação, tudo deixa de ser tangibilizado. A Atitude do franqueador em seu papel de defensor da marca, de compartilhar as melhores práticas, de fomentar formas de desenvolver a rede, a marca e cada um dos franqueados, realizando a entrega da marca, seguindo os procedimentos, as recomendações que levam aos melhores resultados. Sem a Atitude todo Conhecimento se desfaz, a Habilidade não se desenvolve, os Valores não se materializam e o Entorno não se beneficia. Qual é a sua Atitude com a sua franquia, a sua marca?



Mais Artigos de Nossos Gurus


Tema:            Guru:

Conheça Nossos Gurus


Os Artigos + lidos

24 horas 7 dias 30 dias
    Mais Você
    Copyright © 2016 SuaFranquia. Todos os direitos reservados.