3 dicas rápidas de como engajar mais seus usuários e clientes

por: Paulo Salem

Veja as dicas de quem está usando práticas de sucesso e conseguindo bons resultados na luta pelo engajamento de clientes e usuários

Já dizia o ditado que "É inteligente quem aprende com os próprios erros e sábio quem aprende com os erros dos outros", e o criador do portal Liberalis, o doutor Paulo Salem está disposto a  compartilhar de sua experiência para ajudar outros empresários a seguirem uma fórmula que na empresa dele está dando certo.  E para isso, separou algumas práticas que ajudam a mensurar e aproveitar o engajamento dos usuários e clientes no seu portal. O Liberalis é uma plataforma que permite a profissionais liberais e autônomos criarem facilmente seus sites na Internet . Com dados conferidos na última pesquisa de opinião realizada no mês de março, que apontaram que um dos itens mais pedidos pelos seus clientes era o de obter resultados práticos na vida online, como por exemplo ter mais contato de clientes pelo portal, ele desenvolveu uma ferramenta que atende a essa expectativa.  "Com base nessa informação, criei uma nova ferramenta, a 'super mensagem', e em meus testes iniciais notei que mais usuários estão aparecendo para usar o sistema (fazendo login), e mais deles estão assinando a versão Premium ou perguntando sobre ela. Ou seja, os usuários estão mais engajados, pois ao receberem diversas mensagens de clientes em potencial, percebem o valor do meu serviço!" afirma Paulo.

Com essa nova ferramenta os visitantes do portal Liberalis podem enviar uma mensagem para todos os profissionais em uma categoria, ao invés de contatar cada profissional individualmente. "O propósito disso é criar um fluxo de oportunidades constante para os nossos profissionais, e tenho visto um aumento de interesse depois disso", conta o doutor.

Ciente de que essa fórmula está dando certo, Paulo Salem separou algumas dicas que podem ser usadas por qualquer empresa que queira engajar seus usuários e clientes:

  1. descobrir quais as expectativas deles, por exemplo através de pesquisa de opinião, como foi feito no Liberalis;

  2. em seguida, determinar quais dos resultados são factíveis. "No Liberalis, gostaríamos de dar clientes para os nossos clientes, mas isso foge ao nosso controle. Então fizemos algo próximo, que é levar os problemas das pessoas até os nossos profissionais, para eles terem a chance de transformarem essas pessoas em seus clientes", afirma.

  3. pensar numa maneira econômica de realizar o resultado. "No Liberalis, a solução foi maximizar o potencial de cada pessoa que chega ao site, fazendo-a gerar valor para diversos profissionais de uma única vez."

E completa, "cada empresa e mercado terá que adaptar essa receita, mas penso que de modo geral é um bom passo-a-passo".

Sobre Paulo Salem

Paulo Salem é formado pela Universidade de São Paulo em Ciência da Computação com doutorado na mesma área pela Universidade de São Paulo e pela Université Paris-Sud (2011). Atualmente se dedica ao Liberalis para torná-lo um negócio próspero para seus clientes, associados e demais colaboradores.

 

Artigos Outros Artigos

Franquia: aposta estratégica no cenário pós-pandêmico

Franquia: aposta estratégica no cenário pós-pandêmico

  Estamos cientes que para ser um bom empreendedor é necessário muita visão e persistência. O que ninguém esperava era o tamanho...

Ver mais

A nova geração de empreendedoras que prioriza o conforto e a qualidade de tempo

A nova geração de empreendedoras que prioriza o conforto e a qualidade de tempo

Tenho observado, nos últimos anos, um grande movimento de mulheres que, assim como eu, decidiram largar carreiras consolidadas no meio corporativo e partir em...

Ver mais

ESG e a Governança Corporativa para empresas familiares de médio porte

ESG e a Governança Corporativa para empresas familiares de médio porte

À medida que os conselhos entram em 2021 e pensando nos próximos cinco anos, eles podem ter certeza de três coisas: o mundo como o conhecemos...

Ver mais

Ver mais

Ver mais

Encontre a melhor franquia para você

-->