Fundador da house shine dá dicas de como abrir uma franquia com sucesso

Enviado em 13/09/2012 às 11:29:09

Tendência no Brasil, o setor de franquias está na mira de milhares de brasileiros que buscam ter o seu próprio negócio. Mas com tantas opções no país, como saber qual o melhor segmento, quais os principais passos a serem seguidos e como evitar que um sonho não se transforme em pesadelo em poucos dias? Presente no mercado lusitano desde 2008, a House Shine traz seu modelo de negócio bem sucedido para o Brasil e dá dicas de como obter sucesso neste setor.

Quem nunca pensou em largar o emprego e ser dono do seu próprio negócio? Segundo pesquisa da ABF – Associação Brasileira de Franchising, o franchising brasileiro deve duplicar de tamanho até 2014, ano em que as empresas devem movimentar mais de R$ 150 bilhões. Além do acesso ao crédito em condições mais favoráveis, diversos fatores estão contribuindo para alavancar o setor, que é cada vez mais o foco dos brasileiros.

“As franquias são de fato um investimento bastante promissor no Brasil, tanto é que já existem quase 2 mil marcas diferentes de franchising local. Porém, assim como qualquer outro setor, este requer alguns cuidados, principalmente no momento da abertura de uma unidade”, explica Cândido Mesquita, fundador da House Shine, especializada na prestação de serviços de limpeza de residências e imóveis comerciais. O executivo traz para o mercado brasileiro toda sua expertise, que fez da companhia líder em Portugal e três vezes premiada pelo IAPMEI – Instituto de Apoio às Pequenas e Médias Empresas e à Inovação.

Empreendedor nato, o empresário listou alguns passos e dicas importantes para os interessados em investir nessa área de forma segura, evitando futuras decepções e adversidades.

O primeiro e mais importante passo é ter certeza da área que pretende atuar. Mas como fazer isso, se atualmente existe um infinito leque de opções, como: alimentação, cursos, tecnologia, decoração, reformas, limpezas, dentre muitos outros. Segundo Mesquita, o ideal é que a pessoa escolha o ramo de acordo com o seu perfil e com a atividade que mais gosta e mais se identifica. Para isso, é primordial realizar um estudo sobre o setor, quais as principais tendências, suas particularidades, principais desafios e é claro, vantagens e benefícios.

Deve-se, sobretudo, pesquisar a fundo os fatores externos que influenciarão no andamento do negócio, tais como mudanças econômicas, tecnológicas, na legislação ou até mesmo no comportamento social que também pode vir a acarretar problemas. É importante analisar cuidadosamente o público-alvo da região que pretende atuar, ou seja, quem o franqueado pretende atingir com seus produtos ou serviços. Isso porque seria insensato, por exemplo, inaugurar uma franquia de estética de luxo em uma área habitada por pessoas de baixa renda. Acompanhar a atuação de outras franquias do mesmo ramo e da concorrência é outro fator essencial para expandir ainda mais os conhecimentos com relação ao mercado em geral.

É essencial também ter uma ampla visão de negócios, principalmente no que diz respeito às áreas comerciais, empresariais e administrativas. Todo esse know-how pode ser obtido por meio de cursos, pela leitura de livros com tema relacionados à empreendedorismo, além de biografias de grandes empresários, entre outros métodos.

Após percorrer todo esse caminho, a pessoa será avaliada pela própria rede franqueadora para saber se realmente está preparada para abrir e sobretudo manter sua unidade. Já na reta final, a rede dará entrada à toda parte burocrática, como a assinatura do contrato, para daí então dar início à abertura da tão sonhada franquia.

Mas o cuidados não param por aí, logo após a abertura da empresa é necessário ficar atento ao caixa, pois em geral, o prazo de retorno financeiro de uma franquia é de 12 a 15 meses. Pode ser que logo no primeiro ano de atuação a unidade franqueada não renda o esperado, sendo aconselhável manter uma economia à parte para ser investida caso necessário. O empresário, seja de qual for o ramo, sempre deve ter em mente que a rentabilidade dele será de acordo com o investimento que ele fizer.

É vital lembrar a todo momento que por se tratar de uma franquia, cuja marca já existe no mercado, os riscos diminuem, mas o franqueado sempre terá que seguir um padrão pré-estabelecido. Dependendo da rede, também é possível promover uma rápida expansão e fortalecer a marca mais rapidamente.

Mesmo com tantas dicas, o franqueado nunca estará sozinho nessa empreitada. A maioria das empresas, assim como a House Shine, oferece treinamento para o franqueado não somente durante o processo de abertura da empresa, mas enquanto ela estiver atuando, incluindo toda parte burocrática.

 “Na maioria dos casos, a abertura do próprio negócio faz parte de um sonho, portanto o franqueado tem que ter em mente que a filosofia da empresa tem que estar 100% alinhada com sua filosofia de vida”, conclui Mesquita.


Curta o Sua Franquia no Sua Franquia no Facebook e siga-nos no Sua Franquia no Twitter

Quer saber mais sobre a franquia House Shine? Entre em contato abaixo:

Leia mais sobre Limpeza e Conservação

31/10/2014 | 10:19:49
Com apenas um ano de operações no Brasil, a House Maid, rede portuguesa especializada em servi&c...
22/10/2014 | 11:33:52
A cidade de Maringá, no Paraná, foi escolhida para receber mais uma loja da rede de lavanderias ...
22/10/2014 | 09:48:04
O crescimento do setor de franquias demonstra que mesmo em cenários de cautela, o investimento neste ti...
17/10/2014 | 10:28:28
A VIP House Mais, primeira rede de limpeza ecológica residencial e comercial do país, expande su...
15/10/2014 | 09:57:15
A House Shine, rede de franquias de prestação de serviços de limpeza residencial, inaugur...

As + lidas em Notícias

24 horas 7 dias 30 dias