Como abrir uma loja de informática?

Com o crescimento do setor de informática no País, o investimento na abertura de uma loja própria ou uma franquia do segmento tornou-se atraente. A seguir você verá alguns pontos importantes para uma decisão eficiente:

Mercado

O segmento de Comunicação, Informática e Eletrônicos cresceu 6,6% em 2015, totalizando 3.781 unidades de franquias, de acordo com estudo divulgado pela Associação Brasileira de Franchising (ABF).

A área de tecnologia é um ramo que não se rendeu à crise econômica brasileira.  Segundo a mais recente Pesquisa Mensal do Comércio feita pelo Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE), as vendas de equipamentos e materiais para escritório, informática e comunicação cresceram 10,7%, ancoradas na queda dos preços de microcomputadores, de 8,3% no acumulado do ano.

Atualmente, o investimento no setor de informática tem sido uma boa alternativa, já que a área está em crescimento e, cada vez mais, as pessoas compram computadores e acessórios como mouse, teclado, fone de ouvido e HD, por exemplo.

O empreendedor que deseja abrir uma loja de informática deve ter afinidade com a área, além de verificar a concorrência no local onde pretende inaugurar.

Produtos e serviços

A qualidade dos produtos é extremamente importante para o ramo de lojas de informática, já que o cliente procura por boas marcas e um bom preço. Além disso, investir em uma boa equipe de funcionários garantirá que o consumidor levará aquilo que realmente precisa e seu negócio se tornará confiável entre o público.

Há uma série de opções para quem deseja abrir uma loja de informática, ou seja, é possível oferecer serviços e não somente produtos, como: manutenção de computadores, recarga de cartuchos, instalação de programas, e impressões.

Estrutura

O primeiro passo para garantir o sucesso de uma loja de informática é o planejamento para que o investimento seja bem aplicado. A loja deve ter no mínimo uma estrutura que abrigue a exposição dos produtos e equipamentos e uma área para manutenção e montagem de computadores. O mobiliário deve conter prateleiras e móveis para escritório, computadores e materiais para manutenção de computadores, como: processadores, cabeamento e discos rígidos.

Franquias

No sistema de franquias, o franqueador fornece ao franqueado o direito de comercialização de seus produtos e serviços, além de seu conhecimento, ou seja, seu know-how e gerenciamento.

O segmento de franquias de informática mantém bom desempenho. No primeiro semestre, o setor registrou 12% de crescimento nesse período, cujo faturamento subiu de R$ 1,7 bilhões para R$ 2 bilhões.

CONFIRA AS OPORTUNIDADES: FRANQUIAS DE INFORMÁTICA E ELETRÔNICA




Serviço de Atendimento ao Cliente: