Como montar um restaurante

Nada de aventuras! Montar um restaurante exige planejamento e dedicação 

Montar um restaurante: A correria do dia a dia aliada às mudanças no padrão de comportamento e no mercado de trabalho levou os brasileiros a gastar cada vez mais com alimentação fora do lar. Esse é um segmento promissor para quem acalenta o sonho de abrir o próprio restaurante. Mas para quem deseja enveredar por essa área, seja no formato self service ou no modelo à la carte, é preciso dedicação e muito conhecimento do mercado. 

Escolha a localização

A escolha do local é o primeiro passo para quem deseja começar um negócio nessa área. Escolha um lugar agradável, de fácil acesso e que tenha grande fluxo de pessoas. Para criar um ambiente positivo, invista na decoração e preocupe-se com os detalhes, como a instalação de ar condicionado, para dias mais quentes, iluminação, música ambiente e no espaço para que os garçons possam se locomover. Caso encontre dificuldades,  busque o  auxílio de empresas de consultorias especializadas nesse segmento. 

Público alvo 

Passada a primeira fase, fica mais fácil definir um público alvo. Uma vez constatado em que segmento irá atuar, o desafio passa a ser o de fidelizá-los em clientes leais, prontos para recomendar seu restaurante a amigos e familiares.

Escolha um modelo de atendimento

Self Service 

Se a sua intenção é a de proporcionar mais praticidade e rapidez aos clientes, o melhor modelo é o selfie service. Mais adequado para áreas onde há centros comerciais e empresariais além de  grande fluxo de pessoas, a principal vantagem do modelo é que o cliente já saberá exatamente quanto vai pagar, de acordo com o peso estipulado pelo peso da comida do prato. Quem busca por esse serviço está em busca de refeições rápidas e de qualidade.  Para atrair clientela, a dica é investir em promoções, oferecer descontos para empresas da região ou oferecer o refrigerante ou a sobremesa.

Tradicional ou à La Carte

A pressa não está presente nesse modelo de atendimento. O cliente que busca esse tipo de restaurante está disposto a esperar mais para ser atendido. A montagem do negócio exige mais sofisticação e a busca de um modelo mais conceitual, onde não apenas a comida será o diferencial.  Dessa forma, o cardápio passa a ser muito mais uma experiência de consumo, onde um chefe de cozinha bem conceituado ou um determinado tipo de prato costumam ser um diferencial. 

Avalie a satisfação dos clientes

Medir a satisfação dos seus clientes servirá como termômetro para corrigir falhas e avaliar o atendimento.  Incentive-os a apresentar sugestões e críticas por meio de um canal direto. Pode ser um formulário distribuído nas mesas ou no balcão ou, mesmo, via FAQ do site. 

 Higiene é fundamental

É difícil causar boa impressão em um restaurante que mantém o banheiro sujo ou toalhas com resquícios de restos de comida. A cozinha também deve estar impecável. A higiene pessoal da equipe de trabalho também não pode ser descuidada. O uso de touca deve ser incentivado na cozinha. Todos os alimentos devem ser mantidos cobertos, com tampas ou filme plástico transparente. Portas de geladeiras, freezers e câmaras frias devem ser mantidas bem fechadas. Para evitar a visita de insetos, uma boa dica é fazer, periodicamente, a dedetização no local.  Com medidas preventivas, você vai evitar surpresas desagradáveis caso seus estabelecimento receba uma visita surpresa dos fiscais da Anvisa. 

Aposte nas redes sociais

Hoje em dia, qualquer estabelecimento comercial mantém seu perfil nas redes sociais. O grande desafio das marcas é conseguir o engajamento do clientes. O primeiro passo para isso é fazer com que sua página seja encontrada por seu público. Aproveite os cartões de fidelidade e a divulgação de promoções para apresentar a página de seu estabelecimento, Mas cuidado, pois ao criar um perfil em redes sociais é necessário monitorá-lo e dar respostas frequentes, para evitar que comentários mais críticos não se convertam contra o seu negócio. 

Franquias

Para quem pretender investir em franquias de restaurantes, uma dica é observar há quanto tempo uma rede está no mercado e se há clientes para aquele produto na região onde se pretende abrir a loja. O preço da refeição também pode ser um diferencial, mas também dependerá do público a ser atingido. Localização e empatia também são alguns fatores que influenciam na decisão. É preciso avaliar ainda o quanto se está disposto a pagar pelo negócio e o quanto se espera lucrar. Outra dica é verificar se a franquia oferece suporte completo, desde a escolha do ponto, abertura e implantação de lojas até o gerenciamento diário de suas operações e estratégias de marketing. 

O Portal Sua Franquia preparou uma lista com opções para todos os gostos, com investimento a partir de R$ 130 mil: 

Cozinha Japonesa: No segmento oriental, a temakeria Makis Place, maior Rede de Restaurantes de Sushi do Brasil conta hoje com 140 unidades, no modelo de franquia, que além dos tradicionais sushis e temakis, também dispõem de ceviches e variedade de saladas. A equipe de campo acompanha constantemente o negócio para analisar a qualidade do serviço, engajamento da equipe, adequação de visual merchandising e linguagem de vendas. 

Cozinha mexicana: Para quem quer fugir da culinária oriental, brasileira e italiana, por exemplo, uma boa opção são as franquias de comida mexicana, conhecida por seus temperos fortes e marcantes. Nesse segmento, algumas opções são as redes La Taqueria e a Mexican Bar.   

Cozinha brasileira: ao atingir a marca de 170 unidades instaladas exclusivamente em shoppings centers, a Griletto tornou-se a maior rede de Grelhados do Brasil e uma das empresas do setor que mais crescem no país. Seu cardápio oferece inúmeras combinações, com tempero e o sabor tipicamente brasileiro.  

Cozinha espanhola: Em agosto de 2016 desembarcou no Brasil a primeira franquia europeia, especializada em comida espanhola. A Paella Gourmet atende mais de 3 mil clientes em toda a Europa, A marca trabalha com o conceito de franquia participativa, onde prevalecem a cooperação, a equipe, a unidade e o trabalho conjunto. 

Cozinha árabe: A esfiha chegou ao Brasil com os imigrantes árabes (sírio-libaneses) entre os séculos XIX e XX e já hoje faz parte da rotina dos brasileiros. No ano de 2013, a Rose´s esfiha, que iniciou suas atividades em 2003, no Paraná, decidiu franquear a marca, A empresa oferece o projeto de arquitetura e a instalação da loja por um manual mercadológico.

Cozinha italiana: Para quem não abre mão de uma boa receita italiana, a Usina de Massas, fundada 2002, em Porto Alegre (RS) pretende abrir 30 novas unidades nos próximos cinco anos. A Usina de Massas Express procura levar a shoppings centers a mesma qualidade de seus pratos servidos no restaurante com produtos exclusivos e de fabricação própria. Tudo isso servido em charmosas panelas de ferro. 

Dados de Investimento

Temakeria Makis Place 

Investimento inicial: a partir R$ 215.000,00

Subsegmento primário: Restaurantes de Serviço Completo

Tipo de negócio: temakeria 

Rede Griletto

Taxa de franquia: R$ 45.000,00 (incluso projeto arquitetônico)

Capital para instalação: a partir de R$ 390.000,00*

Capital de giro mínimo: R$ 30.000,00

Taxa de royalties: 4% do faturamento bruto

Taxa de propaganda: 1,5% do faturamento bruto

Prazo de retorno: a partir de 30 meses

La Taqueria

Investimento inicial (taxa de franquia + custo de instalação + capital de giro):  a partir de R$ 300 mil

Faturamento médio mensal: R$ 120 mil

Lucro médio mensal: a partir de R$ 9,6 mil

Retorno do investimento: em até 36 meses

Mexican Bar

Investimento inicial (taxa de franquia + custo de instalação + capital de giro):  a partir de R$ 500 mil

Faturamento médio mensal: R$ 350 mil

Lucro médio mensal: a partir de R$ 28 mil

Retorno do investimento: em até 36 meses

Paella Gourmet 

Dados de Investimento

Taxa de Franquia: R$ 60.000 até R$ 60.000

Capital de Instalação: R$ 0 até R$ 0

Capital de Giro: R$ 25.000 até R$ 20.000

Investimento Total: R$ 217.054 até R$ 535.472

Faturamento Médio Mensal: R$ 36.950 a R$ 46.450

Retorno:

Taxa de Propaganda: 3% (Base de Cálculo: )

Taxa Royalties : 6% (Base de Cálculo: )

Usina de Massas

Taxa de Franquia: R$ 50.000 até R$ 50.000

Capital de Instalação: R$ 390.000 até R$ 430.000

Capital de Giro: R$ 30.000 até R$ 50.000

Investimento Total: R$ 470.000 até R$ 530.000

Faturamento Médio Mensal: R$ 165.000

Retorno: 24 a 36 meses

Taxa de Propaganda: 2% (Base de Cálculo: Faturamento bruto)

Taxa Royalties : 6% (Base de Cálculo: Faturamento bruto)

Rose´s Esfihas

Taxa de Franquia: R$ 26.900 até R$ 34.900

Capital de Instalação: R$ 90.000 até R$ 149.000

Capital de Giro: R$ 10.000 até R$ 15.000

Investimento Total: R$ 130.000 até R$ 194.000

Faturamento Médio Mensal: R$ 70.000

Retorno: 18 a 36 meses

Taxa de Propaganda: 1,4% (Base de Cálculo: Faturamento Bruto)

Taxa Royalties : 3,8% (Base de Cálculo: Faturamento Bruto)

Clique aqui e confira mais opções de Franquias de Alimentação




Serviço de Atendimento ao Cliente: